Postado em 14/03/2019

Prefeitura de Juiz de Fora implanta projeto Ruas Completas na Marechal Deodoro

Quem passar pela Rua Marechal Deodoro, já nas primeiras horas desta quinta, vai se deparar com uma nova realidade do espaço tão movimentado diariamente.

Prefeitura de Juiz de Fora implanta projeto Ruas Completas na Marechal Deodoro

O quadrilátero central de Juiz de Fora não será mais o mesmo a partir desta quinta-feira, 14. Quem passar pela Rua Marechal Deodoro – no trecho compreendido entre Avenida Rio Branco e Rua Batista de Oliveira -, já nas primeiras horas desta quinta, vai se deparar com uma nova realidade do espaço tão movimentado diariamente.

A via estará toda modificada, com a implantação do projeto “Ruas Completas”, desenvolvido pela WRI Brasil Cidades Sustentáveis, em parceria com a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), através da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) e a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Durante a madrugada, as alterações serão realizadas para garantir a implantação do novo cenário já no início da manhã.

A parceria promoverá um novo conceito, conhecido como Urbanismo Tático. A proposta é humanizar o local, criando um espaço mais democrático e seguro para todas as pessoas, garantindo também maior integração. O projeto “Ruas Completas” tem o objetivo de mudar o paradigma de desenho viário ainda praticado no Brasil, que privilegia os veículos motorizados e não as pessoas.

A proposta da Organização Mundial de Saúde (OMS) revela que esforços para a melhoria da segurança viária se mostram ainda insuficientes para alcançar a meta de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito até 2020. Uma das coisas importantes nessa mudança de forma urgente é o planejamento e o desenho das vias, que têm grande influência em como as pessoas se comportam no ambiente urbano.

A intervenção engloba parceria com a iniciativa privada, e serão criados espaços de convivência, com a montagem de cadeiras, por exemplo, implantação de quiosques. Além disso, as travessias entre as galerias serão sinalizadas nas calçadas, e tablados serão instalados conectando esses corredores.

Pioneirismo

No final de 2017, a Prefeitura, através da Settra, firmou convênio com a UFJF, a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), e a organização não governamental (ONG) WRI Brasil, para o desenvolvimento de políticas de mobilidade urbana. Com este acordo de cooperação entre as instituições, foi possível a criação da disciplina de extensão “Projeto e Mobilidade Urbana” no curso de Arquitetura e Urbanismo da UFJF.

Juiz de Fora é a única cidade mineira que integra a Rede, que conta com dez municípios brasileiros, dos quais, sete capitais. O objetivo do projeto é incentivar as cidades a desenvolver vias que priorizem pedestres e ciclistas, além de promover a democratização no uso do espaço público, favorecendo a acessibilidade e a convivência entre as pessoas e os diversos meios de transporte urbano.

Juiz de Fora Para as Pessoas

Dentro das atividades, também acontece a Exposição “Juiz de Fora para as Pessoas: Marechal Deodoro e Batista de Oliveira na lógica das Ruas Completas”, realizada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFJF e o grupo de pesquisa DOMVS, em parceria com a Settra, a Frente Nacional dos Prefeitos e o WRI Brasil. A mostra tem o objetivo de apresentar formas sustentáveis de interagir com o espaço urbano.

A exposição poderá ser visitada a partir dessa sexta, 15, até 30 de abril, de segunda a sexta-feira, das 10h30 às 17 horas, com entrada gratuita, no Espaço Cultural dos Correios (Rua Marechal Deodoro, 470 – Centro).


* Informações com a Secretaria de Transporte e Trânsito pelo 3690-7767.



Fonte: PJF