Postado em 21/10/2020

Guarda Municipal de JF exerce seu papel comunitário em atendimentos em via pública

Por estar de prontidão no espaço público, o guarda é o caminho mais imediato que a pessoa tenha encaminhamento em situações de emergência.

Guarda Municipal de JF exerce seu papel comunitário em atendimentos em via pública
Foto: Divulgação PJF

Equipes de patrulhamento preventivo da Guarda Municipal (GM), presentes na área central têm sido requisitadas pela população para os mais diferentes apoios. Nesta quarta-feira, 21, um rapaz de 24 anos, portador de esquizofrenia, se dirigiu à guarnição, no Parque Halfeld, com fala desconexa e nervoso, pedindo ajuda, pois se encontrava desorientado e perdido de seus familiares. Depois de acalmado, o rapaz conseguiu fornecer um telefone de contato, através do qual a Guarda localizou a madrasta do solicitante, de quem ele havia se perdido na Praça da Estação. A viatura da GM conduziu o jovem até o local e fez entrega à madrasta de cartão de transporte, identidades da mãe e do irmão e documentação de veículo em nome do pai.

No início da noite de segunda-feira, 19, outra equipe, que se encontrava também no Parque Halfeld, foi acionada por um rapaz para atendimento a uma jovem com quadro de convulsão em frente à banca de jornal. Verificada a necessidade, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamado e a jovem teve os cuidados médicos necessários ali mesmo dentro da ambulância. Após passar por observação e ser medicada ela foi liberada.

Esses tipos de ocorrência são bastante comuns no dia a dia da atividade da Guarda Municipal. O socorro às vítimas de acidentes em via pública, pessoas que sofrem algum tipo de mal súbito ou se encontram desorientadas acontecem porque o cidadão reconhece no guarda uniformizado alguém a quem ele pode recorrer. Por estar de prontidão no espaço público, o guarda é o caminho mais imediato que a pessoa tenha encaminhamento em situações de emergência. Essa atuação reforça o papel cidadão da instituição.

A Guarda Municipal é um órgão da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc), da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), cuja atuação se estende para além da proteção aos bens, serviços e instalações da administração pública municipal. O trabalho de Guarda Comunitária, sob o qual se baseia o emprego da corporação, tem seu olhar voltado principalmente para o apoio à comunidade e a proteção do cidadão.

Fonte: PJF
 
Foto: Divulgação PJF