A Polícia Civil de Minas Gerais concluiu o inquérito sobre o caso da cadelinha Serena, que ficou gravemente ferida depois de ser baleada nos arredores de um sítio em Caeté, na Região Central de Minas Gerais. Aloísio Silveira Ataíde foi indiciado por posse ilegal de arma de fogo e maus tratos. De acordo com a investigação, não resta dúvidas quanto a autoria e materialidade dos crimes. Leia Mais
Postado em 09/09/2018