A Nissan informou nesta segunda-feira (9) que mediu indevidamente as emissões de poluentes e a economia de combustível de mais 19 modelos de veículos vendidos no Japão, no segundo caso em menos de 1 ano em que foram descobertas irregularidades em seus processos de inspeção.

A montadora informou que encontrou ambientes de teste para emissões e economia de combustível que não estavam em conformidade com os padrões, e que os relatórios de inspeção foram baseados em medições alteradas. Leia Mais

Postado em 09/07/2018

Rota 2030: Anfavea diz que ainda faltam detalhes para acertar Apesar da assinatura da criação do novo regime automotivo por parte do presidente Michel Temer, o Rota 2030 ainda tem pontas soltas e, de acordo com a Anfavea, será necessário discutir outros pontos da nova política, que pretende valer pelo período de 15 anos. Mesmo anunciada no pacote, a meta de redução de consumo de 11% para os carros nacionais e importados até 2022 ainda não está definida.

Ela será definida por um novo decreto presidencial para valer de fato, mas a Anfavea fala entre 10% e 12% de redução, ou seja, os 11% são apenas uma média do que pode ser definido. De acordo com a entidade que reúne as montadoras, o decreto será assinado e passará a valer num prazo de 30 dias. Leia Mais

Postado em 09/07/2018