Portal F11
Wikipédia
Política

Política

Tiririca dá adeus à vida política em discurso ao vivo: 'Saio envergonhado'


Anúncio foi feito ao vivo na tarde desta quarta (6). Leia mais

Postado em 06/12/2017 18h59

Datafolha: Bolsonaro tem 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%


Pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada hoje (18), indica que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem 59% das intenções de votos válidos, e que o candidato Fernando Haddad (PT) tem 41%. Os dados excluem os votos nulos, brancos e indecisos.

Na comparação com a pesquisa realizada no dia 10, os candidatos oscilaram um ponto percentual dentro da margem de erro que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O ex-capitão do Exército tinha 58% das intenções declaradas e o ex-prefeito de São Paulo tinha 42%.

Considerando os votos totais (válidos, nulos, brancos e indecisos), Bolsonaro tem 50% das preferências e Haddad, 35%.

A proporção de entrevistados que declaram voto em branco ou nulo é de 10%, dois pontos percentuais acima do verificado anteriormente. Cinco por cento declararam não saber, um porcento acima do observado no levantamento da semana passada.

Rejeição

Como em outras edições das pesquisas de intenção de voto, o instituto Datafolha também levantou a rejeição dos candidatos, 41% dos entrevistados disseram que “não votaria de jeito nenhum” em Jair Bolsonaro. No caso de Haddad, 54% dos entrevistados afirmaram que “não votaria de jeito nenhum” em Fernando Haddad.

Segundo o instituto, 48% declararam que “votaria com certeza” em Bolsonaro, e 10% admitiram que “talvez votasse”, 1% não sabe. No caso de Haddad, 33% responderam que “votaria com certeza” no candidato; e 12% ponderaram que “talvez votasse” e 1% não sabe.

Grau de decisão de voto

Sobre o grau de decisão dos entrevistados, 95% declaram estar “totalmente decidido” a votar no candidato do PSL, e 5% consideram que o “voto ainda pode mudar”. No caso do candidato do PT, 89% disseram estar “totalmente decidido” nele, e 10% admitiram que o “voto ainda pode mudar”.

Três de cada quatro pessoas que afirmaram votar em branco ou nulo confirmaram estar “totalmente decidido” a não votar em nenhum dos candidatos.

Noventa e quatro por cento dos eleitores respondentes de Jair Bolsonaro sabem o número do candidato (17), 5% admitem não saber, e 1% erram na menção. No caso de Fernando Haddad, 91% confirmam o número correto do candidato (13), 8% admitem não saber, e 2% erram na menção.

A pesquisa do Datafolha ouviu 9.137 eleitores em 341 municípios ontem (17) e hoje (18). O levantamento, encomendado pela Rede Globo e pela Folha de S. Paulo, está registrado na Justiça Eleitoral (BR-07528/2018). No site do Tribunal Superior Eleitoral estão disponíveis o questionário da pesquisa e a lista de locais de aplicação. Como em outras pesquisas, o nível de confiança da pesquisa é de 95%.

Fonte: Agência Brasil

Postado em 18/10/2018 23h03

Zema tem 71% dos votos válidos e Anastasia tem 29%, diz Datafolha


O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (18) o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para o governo de Minas Gerais. O levantamento foi realizado entre quarta-feira (17) e esta quinta-feira (18) e tem margem de erro de 3 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Romeu Zema (Novo): 71%
Antonio Anastasia (PSDB): 29%


Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

Romeu Zema (Novo): 58%
Antonio Anastasia (PSDB): 24%
Em branco/nulo: 10%
Não sabe: 9%



Fonte: Portal Minas

Postado em 18/10/2018 20h24

Temer vai a São Paulo se encontrar com advogados


O presidente Michel Temer viajou para São Paulo na tarde de hoje (18) para discutir com advogados o seu indiciamento no inquérito que apura o suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A na edição do chamado Decreto dos Portos.

Temer deixou o Palácio do Planalto pouco antes das 17h. O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse ontem (17) que o presidente está “abalado” com o seu indiciamento e de sua filha Maristela. O presidente nega as acusações de favorecimento da Rodrimar S/A na edição do decreto.

O decreto foi assinado em maio do ano passado com a justificativa de desburocratizar e flexibilizar operações, concessões e arrendamento de portos brasileiros. Atuante na área portuária, a Rodrimar tem diversos negócios no Porto de Santos, como agência marítima, armazéns alfandegados, terminal de granéis e terminal de contêineres.

Segundo a investigação da Polícia Federal, o pagamento de propina seria a contrapartida da Rodrimar para a edição do Decreto 9.048/2017. O caso veio à tona após o presidente ter sido gravado pela Polícia Federal (PF) em uma conversa telefônica na qual o ex-deputado e ex-assessor de Temer Rocha Loures questiona o andamento do decreto.

O Palácio do Planalto sempre defendeu o decreto e argumenta que foi resultado de “amplo debate” do setor. “Todos os dados são públicos. O assunto não comportava nenhum sigilo ou informação privilegiada, apenas a publicação do decreto que finaliza o longo processo de negociação entre o governo e o setor empresarial, como é comum e legítimo em uma democracia”, argumentou o Palácio do Planalto em outubro do ano passado.



Fonte: Agência Brasil

Postado em 18/10/2018 18h20

Médicos examinam Bolsonaro, mas permanece expectativa sobre debates


O candidato pelo PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, passou por uma avaliação médica na manhã de hoje (18), com a equipe do Hospital Albert Einstein, que durou pouco mais de um hora e meia. A assessoria do candidato divulgou uma nota informando que Bolsonaro apresentou evolução clínica e nutricional, mas não deixa claro se ele pode voltar às atividades normais.

A expectativa é que a partir da avaliação Bolsonaro defina sua participação em pelo menos dois debates com o adversário Fernando Handdad, do PT, e eventuais viagens fora do Rio de Janeiro. Nos últimos dias, o candidato do PSL disse que aguardava a avaliação médica para tomar decisões.

Na nota, a assessoria de Bolsonaro informa que ele passou hoje por exames de imagem e de laboratório e que “apresenta boa evolução clínica e a avaliação nutricional evidenciou melhora da composição corpórea, mas ainda exigindo suporte nutricional e fisioterapia”.

Em outra nota, divulgada no início da tarde, a equipe médica informa que "o candidato à Presidência Jair Bolsonaro foi submetido hoje a avaliação médica multiprofissional, de exames de imagem e laboratoriais, que se mostraram estáveis. Apresenta boa evolução clínica e a avaliação nutricional evidenciou melhora da composição corpórea, mas ainda exigindo suporte nutricional e fisioterapia. Ainda permanece como fator limitante relativo a presença da colostomia."



Expectativas

A avaliação foi feita por Antônio Luiz Macedo, cirurgião que operou o candidato em São Paulo no dia 12 de setembro, e Leandro Echenique, cardiologista da equipe, na casa de Bolsonaro, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Os médicos que realizaram o exame não falaram com a imprensa.

Os médicos chegaram por volta das 9h45 e deixaram o local às 11h20. Na semana passada, os médicos afirmaram que o quadro de saúde do candidato está evoluindo bem e que, provavelmente, ele seria liberado para todas as atividades de campanha hoje (18).

A cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia está prevista para ser feita a partir do dia 12 de dezembro e requer duas semanas de recuperação.

Por volta das 10h30, Bolsonaro recebeu a visita do candidato ao governo de Roraima Antônio Denarium (PSL). Na saída, ele disse que a conversa girou em torno do ingresso de imigrantes venezuelano no Brasil, uma vez que grande parte entra por Roraima, gerando controvérsias entre as autoridades locais e as federais.



Fonte: Agência Brasil

Postado em 18/10/2018 13h28

Bolsonaro e Haddad assinam termo de compromisso à Constituição


Os candidatos à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), assinaram hoje (17), um Termo de Compromisso de Respeito à Constituição da República Federativa do Brasil proposta pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI). O presidente da entidade, Domingos Meirelles, disse que a intenção é restabelecer “o fulcro natural” da campanha, para que os dois voltem a discutir propostas de governo e questões pragmáticas no lugar de trocarem insultos.

“Diante desse caos, um dos motivos que nos levou a pedir que eles assinassem [o Termo de Compromisso] era baixar a temperatura e que voltassem a discutir programa de governo e não ficar um acusando o outro. Isso foi uma conversa preliminar e eles concordaram. É uma intenção de baixar a poeira e decantar um pouco o tom de intolerância da campanha”, disse Meirelles, em entrevista à Agência Brasil.

No texto do documento, que tem a concordância dos dois candidatos, a ABI cita o fato da Carta Magna ter 30 anos e que notícias veiculadas pela imprensa indicavam uma eventual vontade dos candidatos em promover uma Constituinte para modificar os principais postulados da Constituição. A ABI destacou que é importante que a sociedade brasileira tenha tranquilidade e confiança de que o Texto Constitucional em vigor não sofrerá deformações que comprometam sua verdadeira natureza.

A entidade destacou também “a enxurrada de notícias que circulam pelas mais diversas redes sociais, na maioria das vezes de conteúdo fraudulento, enfatizando o desejo dos candidatos em transfigurar nossa Lei Maior”.

Diálogo



De acordo com o presidente da entidade, o compromisso assinado com Bolsonaro e com Haddad foi resultado de um processo que começou em um primeiro contato para saber se ambos concordavam em assinar o documento, que em seguida foi encaminhado para análise de cada um. Bolsonaro assinou no Rio e Haddad em São Paulo.

“A ABI é talvez a mais longeva entidade da sociedade civil, está completando 110 anos em 2018. Nós, diante do peso da instituição e da idade que ela tem, nos achamos no dever de fazer uma carta compromisso para os candidatos [questionando] se eles concordavam em não mexer na Constituição”.

Segundo Meirelles, pairava sobre as duas candidaturas suspeitas de modificação na Carta Magna e como a ABI defende direitos humanos, as liberdades e garantias individuais, houve a avaliação de que os dois precisavam mostrar este compromisso. O presidente da ABI disse que ficou surpreso com a concordância imediata dos candidatos em assinar o documento.

“Eles não pediram para mexer em nada. Isso é que realmente surpreendente. Senti que eles estavam assinando com um certo alívio. É como se eles estivessem se livrando de um peso que carregassem nas costas. É essa a minha leitura”, disse.

Meirelles disse que a história da ABI pode ter levado à concordância imediata dos candidatos em assinar o documento. “Talvez pelo fato de ser uma entidade como a ABI, ela tem 110 anos, a própria história em defesa da liberdade, da democracia, que teve um papel importante na luta pelo restabelecimento do estado de direito. Talvez a soma de todos esses aspectos, eles não criaram nenhum tipo de objeção”, disse.

Cláusulas



O Termo de Compromisso tem três cláusulas. A primeira destaca o Título II da Constituição e os preceitos do Caput do Artigo 5º que trata da “inviolabilidade do direito à vida, à igualdade, à segurança e à propriedade”. Na segunda, o compromisso é de respeitar as cláusulas pétreas da Carta Magna, afastando por completo qualquer tipo de manobra ou artifício que viole ou produza preceitos contrários ao atual texto Constitucional. Na última, os candidatos ratificam e enfatizam seu pacto de assegurar os direitos à informação, à liberdade de expressão e, por conseguinte, à liberdade de imprensa.

O presidente da ABI acrescentou que o compromisso está firmado, mas não pode garantir que o eleito vá respeitar o documento. “É um compromisso moral e ético”, disse.



Fonte: Agência Brasil

Postado em 17/10/2018 22h24

Em casos anteriores, STF suspendeu indiciamento de autoridades pela PF


A Polícia Federal (PF) indiciou o presidente Michel Temer e mais dez pessoas no inquérito que apura o suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A na edição do chamado Decreto dos Portos (Decreto 9.048/2017), assinado em maio do ano passado pelo presidente. O relatório está com o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que pediu parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR). O órgão terá 15 dias para se manifestar sobre eventual denúncia contra os acusados.

Desde outubro de 2007, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por maioria de votos, que a PF não tem competência para indiciar, sem autorização do STF ou pedido do procurador-geral da República, os detentores da prerrogativa de foro privilegiado - como é o caso do presidente da República, ministros de Estado, deputados federais e senadores. A decisão ocorreu durante julgamento da chamada Operação Sanguessuga. Naquela ocasião, o ministro Gilmar Mendes foi contrário ao indiciamento, pela PF, do senador Magno Malta (PR-ES). O voto de Gilmar foi acompanhado pela maioria do plenário, com placar de seis a quatro.

Na época, havia sido analisado também o pedido de indiciamento do então senador Aloísio Mercadante (PT-SP), arquivado pelo STF. A PGR pediu a anulação do indiciamento de Mercadante pela PF por "violação da prerrogativa de foro" e “invasão injustificada da atribuição que é exclusiva da Suprema Corte de proceder ao eventual indiciamento do investigado”. Gilmar Mendes sustentou que a investigação pode ser deflagrada por outros órgãos, mas a abertura do inquérito deve ser supervisionada pelo respectivo relator do STF - a quem cabe autorizar ou não o indiciamento dos suspeitos. O ministro citou ainda o parecer do Ministério Público com o mesmo entendimento.

Em abril de 2016, no âmbito da Lava Jato, o indiciamento de autoridades com foro privilegiado pela PF voltou a ser questionado. Como fizeram agora os advogados do presidente Michel Temer, a defesa da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou no Supremo que o indiciamento dela era ilegal - "um disparate" que significava "flagrante usurpação da competência do STF".

A PGR concordou com os advogados de Gleisi e classificou o indiciamento como "absolutamente nulo". Em sua manifestação, o então procurador-geral Rodrigo Janot afirmou "que o indiciamento é apenas um registro administrativo da polícia, sem nenhuma consequência processual e tem sido usado para estigmatizar o investigado", ao ser divulgado para a imprensa. Ainda em 2016, o então ministro Teori Zavascki suspendeu o indiciamento feito pela PF do senador Valdir Raupp (MDB-RO) em investigação da Lava Jato.

A defesa de Temer usa agora os mesmos argumentos. “Tendo em conta a usurpação da competência exclusiva desse Supremo Tribunal Federal, bem como a deletéria repercussão o ato visivelmente ilegal provoca na honorabilidade do presidente da República, com reflexos inclusive na estabilidade da nação, requer-se a imediata decretação da nulidade do indiciamento", escrevem os advogados de Temer, Brian Alves Prado e Frederico Donati Barbosa. Além de negar os crimes, eles querem a nulidade do indiciamento da PF com base na atual jurisprudência da Corte.



Fonte: Agência Brasil

Postado em 17/10/2018 21h24

Pesquisa Crusoé/Paraná mostra Bolsonaro com 60,9% e Haddad 39,1% dos votos válidos

Pesquisa Crusoé/Paraná mostra Bolsonaro com 60,9% e Haddad 39,1% dos votos válidos

Pesquisa Crusoé/Paraná, divulgada nesta quarta-feira mostra o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, com 60,9% das intenções de voto e Fernando Haddad (PT) com 39,1%. Os números correspondem aos votos válidos, quando são desconsiderados os percentuais de brancos e nulos e dos que não sabem. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Leia mais

Postado em 17/10/2018 21h13

General eleito pede impeachment e prisão de ministros do STF

General eleito pede impeachment e prisão de ministros do STF

O general Eliéser Girão Monteiro Filho, deputado eleito pelo PSL no Rio Grande do Norte, defendeu o impeachment e a prisão de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) responsáveis pela libertação de políticos acusados de corrupção, como o ex-deputado José Dirceu (PT) e os ex-governadores do Paraná Beto Richa (PSDB) e de Goiás Marconi Perillo (PSDB). Segundo ele, 'o impeachment de vários ministros' se insere em um 'plano de moralização das instituições da República'.

'Não tem negociação com quem se vendeu para o mecanismo', escreveu em sua conta no Twitter, em referência à série da Netflix sobre a Lava Jato. 'Destituição e prisão', completou. Leia mais

Postado em 17/10/2018 19h40

Defesa de Temer pede ao STF anulação de indiciamento promovido pela PF


A defesa do presidente Michel Temer pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso a anulação do indiciamento promovido ontem (16) pela Polícia Federal (PF) no inquérito que apura o suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A na edição do chamado Decreto dos Portos (Decreto 9.048/2017), assinado em maio do ano passado pelo presidente.

Em manifestação enviada a Barroso, que é o relator do caso no STF, os advogados do presidente alegam que, devido ao foro por prerrogativa de função garantido ao presidente da República, a PF não tem competência para indiciar Temer.

Para os advogados, o indiciamento é ilegal e provoca repercussão na honorabilidade de Temer e “reflexos na estabilidade da nação".

"Chamou a atenção da defesa, a decisão da autoridade policial de proceder diretamente o indiciamento do requerente, sem qualquer autorização de Vossa Excelência [Barroso], ou mesmo pedido neste sentido por parte da Procuradoria-Geral da República (PGR), usurpando a competência exclusiva desta Suprema Corte", argumentou a defesa.

Na mesma petição, o advogado afirmou que Temer não praticou os fatos que lhe foram atribuídos no relatório final da investigação, enviado ontem pela PF ao ministro Barroso.

“A referida peça conta com mais de 800 laudas, de forma que a defesa não teve tempo de analisar o seu inteiro teor. Ainda assim, reafirma neste momento que o senhor presidente da República não praticou qualquer dos delitos que lhe foram atribuídos e que, seguramente, não há elementos suficientes para justificar a conclusão lá exposta.", concluíram os advogados.

Além de Temer, mais dez pessoas foram indiciadas no inquérito. Os crimes citados são de corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Após receber o documento, Barroso pediu parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), que terá 15 dias para se manifestar sobre eventual denúncia contra os acusados e os pedidos de bloqueio de bens e de prisão de quatro dos 11 indiciados.



Fonte: Agência Brasil

Postado em 17/10/2018 18h55

Congresso derruba veto de Temer a piso salarial de agentes de saúde


Na primeira sessão do Congresso após o primeiro turno das eleições, senadores e deputados comemoraram hoje (17) a derrubada do veto (VET 32/2018) do presidente da República ao piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias.

A remuneração nacional estava prevista no projeto de conversão oriundo da Medida Provisória (MPV) 827/2018, aprovada em julho pelo Congresso.

À época, o presidente Michel Temer sancionou a nova regulamentação profissional da categoria, mas vetou os seis pontos do texto que tratavam do reajuste com a justificativa de que matéria aprovada pelo Congresso Nacional criava despesas obrigatórias sem estimativa de impacto orçamentário.

O texto aprovado pelo Congresso fixa a remuneração em R$ 1.250 a partir de 2019. Os agentes receberão R$ 1.400 em 2020 e R$ 1.550 em 2021.

A partir de 2022, o piso será reajustado anualmente em percentual definido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Parlamentares se revezaram hoje na tribuna com discursos de que a derrubada do veto significa justiça aos agentes de saúde.

O texto será promulgado nos próximos dias pelo presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE).

Esse foi o único veto apreciado nesta quarta-feira. Com o quórum baixo, parlamentares de vários partidos entraram em obstrução e forçaram o encerramento da sessão.

A medida foi tomada para que os outros 15 vetos previstos para hoje, que não têm tanto consenso quanto o dos agentes comunitários, não corressem risco de não serem derrubados.

Fonte: Agência Brasil

Postado em 17/10/2018 15h04
 
+ Mais Notícias
 
noticias, noticias juiz de fora, noticias jf, noticias brasil, noticias mundo, jf noticias, noticias jf, Carros em Juiz de Fora F11 JF Carros JF Imóveis eu Juiz de Fora F11 JF Imóveis JF Imobiliárias em Juiz de Fora F11 JF Imobiliárias JF Restaurantes em Juiz de Fora F11 JF Restaurantes em JF Construtoras em Juiz de Fora F11 JF Construtoras em JF Notícias em Juiz de Fora F11 JF Notícias em JF Notícias Internet em Juiz de Fora F11 JF Buscadores em Juiz de Fora F11 JF Menus em Juiz de Fora F11 JF Categorias em Juiz de Fora F11 JF Links em Juiz de Fora F11 JF Revistas em Juiz de Fora F11 JF Redes Sociais em Juiz de Fora F11 JF Dicionários em Juiz de Fora F11 JF Tradutores em Juiz de Fora F11 JF e Enciclopédias online em Juiz de Fora F11 JF Informática em Juiz de Fora F11 JF Serviços em Juiz de Fora F11 JF Educação em Juiz de Fora F11 JF SAÚDE em Juiz de Fora F11 JF Guia Médico em Juiz de Fora F11 JF Hospitais em Juiz de Fora F11 JF Clínicas em Juiz de Fora F11 JF Profissionais Diversos em Juiz de Fora F11 JF Emergências em Juiz de Fora F11 JF Emissoras de Rádio em Juiz de Fora F11 JF Previsão do Tempo em Juiz de Fora F11 JF Educação em Juiz de Fora F11 JF Escolas Maternais em Juiz de Fora F11 JF, Creches em Juiz de Fora F11 JF Ensino fundamental em Juiz de Fora F11 JF Prefeitura Municipal em Juiz de Fora F11 JF Imobiliárias em Juiz de Fora F11 JF Vídeos em Juiz de Fora F11 JF You Tube Informática em Juiz de Fora F11 JF Equipamentos e Suprimentos em Juiz de Fora F11 JF Empregos em Juiz de Fora F11 JF Veículos em Juiz de Fora F11 JF Agências de Automóveis em Juiz de Fora F11 JF Serviços em Juiz de Fora F11 JF Telecomunicações em Juiz de Fora F11 JF Telefones Fixos em Juiz de Fora F11 JF Celulares em Juiz de Fora F11 JF Internet em Juiz de Fora F11 JF Profissionais Liberais em Juiz de Fora F11 JF Advogados em Juiz de Fora F11 JF Contadores em Juiz de Fora F11 JF Indústrias em Juiz de Fora F11 JF Imóveis em Juiz de Fora F11 JF Lançamentos Recentes em Juiz de Fora F11 JF Destaques em Juiz de Fora F11 JF Hotéis em Juiz de Fora F11 JF Pousadas em Juiz de Fora F11 JF Restaurantes em Juiz de Fora F11 JF Bares em Juiz de Fora F11 JF Lanchonetes em Juiz de Fora F11 JF Veículos em Juiz de Fora F11 JF Motocicletas em Juiz de Fora F11 JF Vendas em Juiz de Fora F11 JF Oficinas em Juiz de Fora F11 JF Peças e Acessórios em Juiz de Fora F11 JF Educação Universidades em Juiz de Fora F11 JF Faculdades em Juiz de Fora F11 JF Cursos Técnicos em Juiz de Fora F11 JF Cursos Pré-Vestibulares em Juiz de Fora F11 JF Preparatórios para Concursos em Juiz de Fora F11 JF Exames da Ordem em Juiz de Fora F11 JF Informática Assistência Técnica em Juiz de Fora F11 JF Informática Consultoria em Juiz de Fora F11 JF Desenvolvimento de Sistemas em Juiz de Fora F11 JF Home Pages em Juiz de Fora F11 JF Aplicativos SERVIÇOS EM GERAL em Juiz de Fora F11 JF Colégios em Juiz de Fora F11 JF Cursos de Línguas em Juiz de Fora F11 JF Veículos em Juiz de Fora F11 JF Peças em Juiz de Fora F11 JF Equipamentos em Juiz de Fora F11 JF Acessórios para Veículos em Juiz de Fora F11 JF Oficinas em Juiz de Fora F11 JF Lanternagem em Juiz de Fora F11 JF Pintura em Juiz de Fora F11 JF Serviços Especializados em Juiz de Fora F11 JF Aluguel de imóveis em Juiz de Fora F11 JF Vans em Juiz de Fora F11 JF Ônibusem Juiz de Fora F11 JF Veículos em Juiz de Fora F11 JF Caminhões em Juiz de Fora F11 JF Ônibus em Juiz de Fora F11 JF Utilitários em Juiz de Fora F11 JF Construções e Reformas em Juiz de Fora F11 JF construtoras em Juiz de Fora F11 JF Construção e Reformas Materiais Diversos em Juiz de Fora F11 JF Aluguel em Juiz de Fora F11 JF Venda de Equipamentos em Juiz de Fora F11 JF Cortinas em Juiz de Fora F11 JF persianas em Juiz de Fora F11 JF Divisórias em Juiz de Fora F11 JF Decoração em Juiz de Fora F11 JF Artigos de decoração em Juiz de Fora F11 JF Empresas em Juiz de Fora F11 JF Decoradores em Juiz de Fora F11 JF Móveis sob medida em Juiz de Fora F11 JF Cozinhas planejadas em Juiz de Fora F11 JF Arquitetura em Juiz de Fora F11 JF Escritórios de arquitetura em Juiz de Fora F11 JF Vidros em Juiz de Fora F11 JF Roupas de Cama, Mesa e Banho em Juiz de Fora F11 JF Roupas Femininas em Juiz de Fora F11 JF Roupas masculinas em Juiz de Fora F11 JF Roupas em Juiz de Fora F11 JF Roupas Profissionais em Juiz de Fora F11 JF Uniformes em Juiz de Fora F11 JF Academias em Juiz de Fora F11 JF Academia de Ginástica em Juiz de Fora F11 JF Hidroginástica em Juiz de Fora F11 JF Natação em Juiz de Fora F11 JF Artes Marciais em Juiz de Fora F11 JF Esportes em Juiz de Fora F11 JF Dança em Juiz de Fora F11 JF Yoga em Juiz de Fora F11 JF Tai Shi Shuan em Juiz de Fora F11 JF Clínicas Médicas em Juiz de Fora F11 JF Clínicas Odontológicas em Juiz de Fora F11 JF Clínicas de Estética em Juiz de Fora F11 JF Clínicas Veterinárias em Juiz de Fora F11 JFPet Shops em Juiz de Fora F11 JF Clínicas de Fisioterapia em Juiz de Fora F11 JF Clínicas de Dermatologia em Juiz de Fora F11 JF Clubes Esportivos e Sociais em Juiz de Fora F11 JF Sapatos em Juiz de Fora F11 JF Calçados Femininos em Juiz de Fora F11 JF Sapatos Masculinos em Juiz de Fora F11 JF Calçados Masculinos em Juiz de Fora F11 JF Sapatos Femininos em Juiz de Fora F11 JF Calçados Unissex em Juiz de Fora F11 JF Roupas em Juiz de Fora F11 JF Aluguel de roupas em Juiz de Fora F11 JF Roupas para Festas em Juiz de Fora F11 JF Vestidos de Noivas em Juiz de Fora F11 JF Transporte Interurbano em Juiz de Fora F11 JF Empresas de Ônibus em Juiz de Fora F11 JF Pneus em Juiz de Fora F11 JF Agências de Automóveis em Juiz de Fora F11 JF Imobiliárias em Juiz de Fora F11 JF Guia Médico em Juiz de Fora F11 JF Hospitais em Juiz de Fora F11 JF Clínicas em Juiz de Fora F11 JF Profissionais Diversos em Juiz de Fora F11 JF Emergências em Juiz de Fora F11 JF Transportadoras em Juiz de Fora F11 JF Empresas de Mudanças em Juiz de Fora F11 JF Materiais elétricos em Juiz de Fora F11 JF Serviços Elétricos em Juiz de Fora F11 JF Festas em Juiz de Fora F11 JF Organização de festas em Juiz de Fora F11 JF Buffets em Juiz de Fora F11 JF Decorações em Juiz de Fora F11 JF Brinquedos em Juiz de Fora F11 JF Alimentos em Juiz de Fora F11 JF Bebidas em Juiz de Fora F11 JF Açougues em Juiz de Fora F11 JF Empórios em Juiz de Fora F11 JF Mercearias em Juiz de Fora F11 JF Padarias em Juiz de Fora F11 JF Madeiras em Juiz de Fora F11 JF Telhas em Juiz de Fora F11 JF Materiais Hidráulicos em Juiz de Fora F11 JF Serviços Hidráulicos em Juiz de Fora F11 JF Materiais Diversos em Juiz de Fora F11 JF Cursos em Juiz de Fora F11 JF Ar Condicionado em Juiz de Fora F11 JF Aquecedores em Juiz de Fora F11 JF Alarmes em Juiz de Fora F11 JF Empresas de Segurança em Juiz de Fora F11 JF Engenharia em Juiz de Fora F11 JF Projetos em Juiz de Fora F11 JF Consultoria em Juiz de Fora F11 JF Móveis em Juiz de Fora F11 JF Móveis de Escritório em Juiz de Fora F11 JF Móveis para computadores em Juiz de Fora F11 JF Eletrodomésticos em Juiz de Fora F11 JF Assistência Técnica em Juiz de Fora F11 JF Cabelereiros em Juiz de Fora F11 JF Institutos de Beleza em Juiz de Fora F11 JF Fotografias em Juiz de Fora F11 JF Filmagens em Juiz de Fora F11 JF Eventos em Juiz de Fora F11 JF Organização de eventos em Juiz de Fora F11 JF Comunicação Visual em Juiz de Fora F11 JF Som & Imagem em Juiz de Fora F11 JF Artigos para Presentes em Juiz de Fora F11 JF Gráficas em Juiz de Fora F11 JF Editoras em Juiz de Fora F11 JF Livrarias em Juiz de Fora F11 JF Papelarias em Juiz de Fora F11 JF Serviços 24 Horas em Juiz de Fora F11 JF Administradoras de Condomínios em Juiz de Fora F11 JF Óticas em Juiz de Fora F11 JF Piscinas em Juiz de Fora F11 JF Construção de piscinas em Juiz de Fora F11 JF Venda de piscinas em Juiz de Fora F11 JF Instalação de piscinas em Juiz de Fora F11 JF Manutenção em piscinas em Juiz de Fora F11 JF Equipamentos para piscinas em Juiz de Fora F11 JF Produtos para piscinas em Juiz de Fora F11 JF Impermeabilizações em Juiz de Fora F11 JF Limpeza em Juiz de Fora F11 JF Conservação em Juiz de Fora F11 JF Vigilância em Juiz de Fora F11 JF Colchões em Juiz de Fora F11 JF Camas Especiais em Juiz de Fora F11 JF Travesseiros em Juiz de Fora F11 JF Almofadas em Juiz de Fora F11 JF Apoios Diferenciados em Juiz de Fora F11 JF Concreto em Juiz de Fora F11 JF Concreteiras em Juiz de Fora F11 JF Distriduidores em Juiz de Fora F11 JF Distribuidoras de Produtos em Juiz de Fora F11 JF Representantes em Juiz de Fora F11 JF Representações Comerciais em Juiz de Fora F11 JF Construções em Juiz de Fora F11 JF Reformas em Juiz de Fora F11 JF Empreiteiras em Juiz de Fora F11 JF Assistências Técnicas em Juiz de Fora F11 JF Revelação de Fotos em Juiz de Fora F11 JF Edição de Filmes em Juiz de Fora F11 JF Prevenção Contra Acidentes em Juiz de Fora F11 JF Prevenção Contra Danos de Descargas Atmosféricas em Juiz de Fora F11 JF Prevenção contra Incêndios em Juiz de Fora F11 JF Prevenção Contra Furtos em Juiz de Fora F11 JF Prevenção contra Roubos Veículos em Juiz de Fora F11 JF Estacionamentos em Juiz de Fora F11 JF Garagens em Juiz de Fora F11 JF seguros em Juiz de Fora F11 JF Farmácias de Manipulação em Juiz de Fora F11 JF Floriculturas em Juiz de Fora F11 JF Paisagismo em Juiz de Fora F11 JF Roupas Infanto-juvenis em Juiz de Fora F11 JF Clínicas de Psicologia em Juiz de Fora F11 JF Arte em Juiz de Fora F11 JF - Galerias de arte em Juiz de Fora F11 JF Shopping Centers em Juiz de Fora F11 JF Auto-Escolas em Juiz de Fora F11 JF Equipamentos em Juiz de Fora F11 JF Máquinas em Juiz de Fora F11 JF Metalúrgicas em Juiz de Fora F11 JF Produtos Naturais em Juiz de Fora F11 JF Toldos em Juiz de Fora F11 JF Tendas em Juiz de Fora F11 JF Coberturas em Juiz de Fora F11 JF Farmácias em Juiz de Fora F11 JF Carpetes em Juiz de Fora F11 JF Pisos em Juiz de Fora F11 JF Forros em Juiz de Fora F11 JF Agências de Viagens em Juiz de Fora F11 JF Água em Juiz de Fora F11 JF Abastecimento de água em Juiz de Fora F11 JF Análise de água em Juiz de Fora F11 JF Fornecimento água em Juiz de Fora F11 JF Purificadores de água em Juiz de Fora F11 JF Tratamento de água em Juiz de Fora F11 JF Esquadrias em Juiz de Fora F11 JF Esquadrias de Madeira em Juiz de Fora F11 JF Esquadrias Metálicas em Juiz de Fora F11 JF Esquadrias de Alumínio em Juiz de Fora F11 JF Consultorias em Juiz de Fora F11 JF Agências de Publicidade em Juiz de Fora F11 JF Agências de Criação de Sites em Juiz de Fora F11 JF Aço em Juiz de Fora F11 JF Ferro em Juiz de Fora F11 JF Metais em Juiz de Fora F11 JF Produtos Diversos em Juiz de Fora F11 JF Artigos Diversos em Juiz de Fora F11 JF Artigos Esportivos em Juiz de Fora F11 JF Hotéis em Juiz de Fora F11 JF Pousadas em Juiz de Fora F11 JF Bolsas em Juiz de Fora F11 JF Bijuterias em Juiz de Fora F11 JF Acessórios Femininos em Juiz de Fora F11 JF Bicicletas em Juiz de Fora F11 JF Peças para bicicletas em Juiz de Fora F11 JF Acessórios para bicicletas em Juiz de Fora F11 JF Utilidades do Lar em Juiz de Fora F11 JF Projetos Elétricos em Juiz de Fora F11 JF Estruturas Metálicas em Juiz de Fora F11 JF Serralherias em Juiz de Fora F11 JF Ferragens em Juiz de Fora F11 JF Elevadores em Juiz de Fora F11 JF Cursos Profissionalizantes em Juiz de Fora F11 JF