Postado em 11/10/2018

Vídeo: Assassino de professor de capoeira nega discussão política

Vídeo: Assassino de professor de capoeira nega discussão política

O barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana negou à imprensa que tenha matado Romualdo Rosário da Costa, o capoeirista Moa do Katendê, por questões políticas.

Segundo Paulo Sérgio, ele estava conversando com o dono do bar e tomando uma cerveja no balcão, como fazia normalmente após o trabalho, quando a vítima se levantou chamando-o de “viadinho negro”.

O barbeiro alega ainda que não conhecia o capoeirista e que o dono do bar testemunhou tudo chegou a separá-los.