Postado em 14/05/2018

Vacinação contra gripe já beneficia 48,73% do público-alvo em Juiz de Fora

Foi divulgado o balanço parcial da “Campanha de Vacinação Contra a Gripe”, após o dia “D”, promovido no sábado, 12.

Vacinação contra gripe já beneficia 48,73% do público-alvo em Juiz de Fora

O Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (Dvea), da Secretaria de Saúde (SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), divulgou o balanço parcial da “Campanha de Vacinação Contra a Gripe”, após o dia “D”, promovido no sábado, 12. Com a ação, Juiz de Fora chegou a 48,73% do grupo prioritário imunizado, o que corresponde a 63.310 pessoas. O público-alvo da campanha é formado por crianças de seis meses a menores de cinco anos, mães com bebês de até 45 dias, gestantes (puérperas), trabalhadores da área de saúde, idosos, doentes crônicos – dentro do grupo das comorbidades (duas ou mais doenças simultâneas na mesma pessoa) preconizadas pelo Ministério da Saúde (MS), e com receita médica – e professores das redes pública e privada.

Das crianças dentro da faixa etária prevista, residentes no município, 8.346 foram imunizadas, o equivalente a 31,08% do total; trabalhadores da saúde, 6.216 (30,38%); grávidas, 1.666 (36,49%); puérperas, 418 (54,15%); idosos, 44.218 (61,84%); e profissionais de educação, 2.410 (43,35%).

As vacinas estarão disponíveis nas unidades básicas de Saúde (UBS); no Posto de Atendimento Médico (PAM) Marechal, térreo; e nos departamentos de Saúde da Criança e do Adolescente (DCSA), na Rua São Sebastião, 772, Centro (para as crianças), e do Idoso (DSI), na Rua Batista de Oliveira, 943, Centro, quase esquina com Avenida Itamar Franco (para pessoas com mais de 60 anos).

A vacina ofertada é a trivalente, que protege contra os três subtipos do influenza: H1N1, H3N2 e influenza B. Composta por vírus inativados, ou seja, mortos, é segura. A dose é contraindicada para pessoas que têm histórico de reação grave a doses anteriores ou alergia grave a ovo de galinha. É recomendado adiar a vacinação por dez dias nas pessoas que apresentam doença aguda grave.


Fonte: PJF