Postado em 17/09/2021

Covid-19: número de casos e óbitos tem maior queda em 2021

Apenas uma capital está com taxa superior a 80%: o Rio de Janeiro.

Covid-19: número de casos e óbitos tem maior queda em 2021
Foto: Bruno Cecim/Ag.Para

O Boletim do Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado hoje (17), indica que a taxa de ocupação de leitos de UTI de covid-19 para adultos se encontra no melhor cenário desde que foi iniciado o monitoramento do indicador. Apenas uma capital está com taxa superior a 80%: o Rio de Janeiro (82%). Duas estão na zona de alerta intermediária: Boa Vista (76%) e Curitiba (64%).

Segundo o levantamento, o número de casos e de óbitos sofreu a maior queda desde o início deste ano. Foram registradas 12 semanas consecutivas de diminuição do número de mortes, com redução de 3,8% ao dia na última Semana Epidemiológica (SE 36).

O total de casos também apresenta tendência de redução, mas com oscilações ao longo das últimas 12 semanas. Foi registrada uma média de 15,9 mil casos e 460 óbitos diários na semana epidemiológica de 5 a 11 de setembro. De acordo com a Fiocruz, esses níveis ainda são considerados altos e geram preocupação diante da manutenção dos testes positivos para a doença.

Conforme destacam os pesquisadores do observatório, a vacinação não tem avançado de forma igual no país e sofre com o atraso do registro. “Em função dessa dissonância, pode apresentar falhas por vários motivos, tais como a descontinuidade de investimento em equipes e infraestrutura nos sistemas de registro em saúde”.

De acordo com a análise, a redução dos casos e óbitos parece ser sustentada, mas o cenário atual mostra que, uma vez beneficiada de forma mais homogênea com a vacinação, a população tende a ter relativamente mais casos graves e fatais entre idosos, concentrando-os novamente nas idades mais avançadas.

Segundo a Fiocruz, após o início da vacinação entre adultos jovens, é a primeira vez em que a mediana dos três indicadores – internações gerais, internações em UTI e óbitos – estão novamente acima dos 60 anos. Isto significa que mais da metade de casos graves e fatais ocorrem entre idosos. No total, 54,4% das internações e 74,2% dos óbitos ocorrem entre idosos.

Outro tema destacado no boletim é a importância do distanciamento físico. Os cientistas afirmam que o patamar de cobertura razoável para conseguir bloquear a circulação do vírus é de pelo menos 70% de pessoas com esquema vacinal completo. “Ainda está longe do que temos hoje. Isto significa dizer que outras medidas de mitigação ainda possuem absoluta importância para o Brasil”.

Delta

A pesquisa ressalta ainda que é fundamental que se alinhem os cronogramas de vacinação, sobretudo em municípios limítrofes, para evitar migração desnecessária de pessoas em busca de imunizantes, propiciando, consequentemente, a dispersão do vírus em um cenário de circulação de uma nova variante mais infecciosa.

“A circulação da variante Delta é um agravante no cenário atual, principalmente porque, em alguns locais, o processo de reabertura se torna cada vez mais acelerado e menos criterioso. No entanto, os imunizantes têm demonstrado sua eficiência, reduzindo o número de internações e óbitos, mesmo num cenário de alta de casos. Entretanto, o comportamento da população e as decisões dos gestores podem ainda criar um cenário caótico, que pode ser amplificado em função do surgimento de novas variantes mais infecciosas e com maior potencial de transmissão”, dizem os pesquisadores.

Imunização

Segundo dados do MonitoraCovid-19, compilados com base nas informações das secretarias estaduais de Saúde, no Brasil cerca de 214 milhões de doses de vacinas foram administradas. Isso representa a imunização de 86% da população com a primeira dose e 47% da população com o esquema de vacinação completo, considerando a população adulta (acima de 18 anos).

Com exceção de Roraima, os demais estados vacinaram mais de 70% da população acima de 18 anos com ao menos uma dose do imunizante e pelo menos 30% da população com segunda dose ou dose única. Mato Grosso do Sul apresenta a menor diferença entre a primeira e a segunda doses aplicadas, com percentual de primeira dose de 90% e segunda superior a 66%.

São Paulo apresenta o maior percentual de primeiras doses aplicadas, com 99% da população adulta com uma dose do imunizante e mais de 58% com a segunda. A situação de Roraima é mais preocupante com 68% da população vacinada com primeira dose e 23% com a segunda.


Fonte: Agência Brasil
 
Foto: Bruno Cecim/Ag.Para

Leia Mais

Mais de 120 concursos estão abertos com salários de até R$ 28 mil


Pelo menos 126 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (11) e reúnem 15,4 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 28.884,20 no Ministério Público do Estado do Paraná e na Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul. Além das vagas abertas para preenchimento imediato, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

MG publica edital de concurso com 519 vagas para Polícia Civil; inscrições começam na segunda


Foram publicados, neste sábado (9), os editais do novo concurso da Polícia Civil de Minas Gerais, com 519 vagas abertas. Há 62 vagas para delegado; 9 para médico legista; 21 para perito criminal; 30 para investigador de polícia; e 397 para escrivão de polícia. Os salários variam de R$ 4.631,21 a R$ 12.967,43.

Secretaria de Recursos Humanos da Prefeitura de Juiz de Fora abre 20 vagas de estágio


Para os estagiários são oferecidos bolsa de R$ 300 e dois vales transportes por dia.

Oportunidade: MG tem 40 concursos abertos, com 5.315 vagas e salários de até R$ 30,4 mil


Minas Gerais tem 40 concursos abertos ou com editais publicados no momento, alguns com salários chegando a R$ 30,4 mil. São, ao todo, 5.315 vagas ofertadas.

Brasil tem mais de 10 mil vagas de concursos abertas; salários vão até R$ 29,9 mil


Pelo menos 100 concursos públicos estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (27) no país. Juntos, eles reúnem mais de 10 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 29,9 mil na Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação, que oferece oito vagas de nível superior distribuídas entre Brasília, Belém e Macapá.

MG tem vários concursos abertos, com 4.537 vagas e salários de até R$ 15,9 mil


Minas Gerais tem 29 concursos abertos ou com editais publicados no momento, alguns com salários chegando a R$ 15,9 mil. São, ao todo, 4.537 vagas ofertadas.

MG tem vários concursos abertos, com salários de até R$ 15,9 mil


Minas Gerais tem 35 concursos abertos ou com editais publicados no momento, alguns com salários chegando a R$ 15,9 mil. São, ao todo, 5.556 vagas ofertadas.

Secretaria de Saúde de Juiz de Fora abre cadastro de currículo para contratação temporária


Interessados devem ter formação na área médica e comprovar as especialidades exigidas.

Inscrições abertas para o Quadro Técnico de Praças da Armada até dia 26 de setembro


A oferta é de 20 vagas de nível médio técnico, voltadas para profissionais que irão atuar na operação e manutenção de submarinos e instalações nucleares da Marinha.

Concursos públicos oferecem 47.619 vagas com salários de até R$ 32 mil; veja vagas


Concursos públicos oferecem pelo menos 47.619 vagas em todas as regiões do país. Há oportunidades em vários cargos, destinadas a candidatos de todos os níveis de escolaridade. O concurso com remuneração mais alta é para a Procuradoria-Geral do Estado de Goiás (PGE-GO), com salário de R$ 32 mil.

JF: Cesama lança concurso com vagas para níveis médio, técnico e superior nesta quarta, 1º


No total, serão oferecidas 18 vagas, além da formação de um cadastro de reserva.

Estado abre edital com mais de 2,4 mil vagas para a Policial Penal de MG


Publicação aguardada por candidatos é resultado do esforço do Governo de Minas para fortalecer o sistema prisional mineiro. Salário inicial é de R$ 4.631,25.

Romeu Zema anuncia concurso público para a Polícia Civil


Serão até 684 vagas para todas as categorias da instituição, que vão reforçar a segurança em todo o estado.

Pandemia leva PF a adiar concurso para preencher 1,5 mil vagas


Provas devem ser realizadas em maio, diz comunicado.

Ebserh reabre inscrições de contratação temporária com vagas para o HU-UFJF


Há oportunidades para Medicina do Trabalho, plantonistas e intensivistas.

Google abre inscrição para estágio; estudante poderá trabalhar 100% de casa


O Google Brasil abriu inscrições para seu programa de estágio para 2021. Como os estudantes poderão estagiar de maneira totalmente remota, universitários do país todo poderão participar do processo. Até este ano, as vagas eram para trabalhar no escritório da empresa, em São Paulo.
Saúde
Ciência