Postado em 12/01/2021

Deslizamento do solo é ocorrência mais registrada pela Defesa Civil em JF

As áreas afetadas pela chuva em Juiz de Fora seguem recebendo vistorias da Defesa Civil nesta terça-feira (12).

Deslizamento do solo é ocorrência mais registrada pela Defesa Civil em JF
Foto: Divulgação PJF

As áreas afetadas pela chuva em Juiz de Fora seguem recebendo vistorias da Defesa Civil da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) nesta terça-feira, 12. A demanda de ocorrências atingiu a marca de 124 em menos de 48 horas, sendo 106 registradas apenas na segunda-feira, 11. A prioridade no atendimento é dada a casos nos quais há situação de risco.

Entre as demandas recebidas, a registrada com mais frequência é o escorregamento de talude, popularmente chamado de deslizamento do solo. A situação foi relatada à Defesa Civil 40 vezes nas últimas 48 horas e, além disso, foram registradas oito ocorrências de ameaças de escorregamento. Ao considerarmos todo o ano de 2021, os registros de escorregamento de talude representam um quarto do total de ocorrências.

Nesta segunda-feira, 11, dois imóveis foram interditados no bairro Santa Luzia em função do escorregamento de talude. O deslizamento comprometeu o solo que dava acesso às duas casas, gerou a queda de laje e impediu a entrada em um dos imóveis. A equipe de Engenharia da Defesa Civil acionou os bombeiros, que resgataram uma senhora e um adolescente que estavam no imóvel.

O escorregamento de talude também causou a interdição de um imóvel no bairro Vila Ideal, localizado na Rua João Luiz Alves, pois o deslizamento afetou o muro de contenção e danificou as paredes do quarto, da cozinha e do banheiro.

Das 18 ocorrências registradas até a tarde desta terça-feira, 12, cinco são referentes a escorregamento de talude. Para fazer um boletim de ocorrência na Defesa Civil, basta ligar para o número 199. Os atendimentos são realizados 24 horas por dia.


Fonte: PJF
 
Foto: Divulgação PJF

Leia Mais

Saúde
Ciência