Postado em 21/09/2020

Visita ao Museu inspira história publicada em livro de contos

Alguns dos personagens do Museu “Mariano Procópio”, acabaram gerando um capítulo no livro de contos da química Flávia Clemente.

Visita ao Museu inspira história publicada em livro de contos

A química Flávia Clemente esteve em 2018 em Juiz de Fora para participar de congresso em sua área de trabalho, quando aproveitou para conhecer o Museu “Mariano Procópio”, e as histórias de alguns de seus personagens. Através da visita mediada, ela conheceu um pouco mais sobre a vida do comendador Mariano Procópio (1821-1872), e sobre as visitas do Imperador Dom Pedro II (1825-1891) ao local. E essas informações acabaram gerando um capítulo em seu livro de contos.

A história, com o conto de fantasia escrito por Flávia, "Procópio, o Alquimista", tem Juiz de Fora como cenário, e traz Mariano como químico e D. Pedro II amigo do descobridor do benzeno (substância utilizada nos hidrocarbonetos aromáticos), o químico alemão Friedrich August Kekulé (1829-1896). A autora, que mora em Uberlândia, escreveu a trama em 2019, publicada na “Coletânea de Contos e Poemas: Baú de Palavras”. O livro, que inclui outros autores, está disponível, e a editora deve liberar, em breve, o e-book.


Fonte: PJF
 
Foto: Divulgação PJF