Postado em 02/06/2020

Vereadores recebem secretários da PJF para explicações sobre crédito extraordinário de R$ 26 milhões para a saúde

O instrumento do crédito extraordinário ampara situações imprevisíveis e busca garantir que haja orçamento para as despesas extras.

Vereadores recebem secretários da PJF para explicações sobre crédito extraordinário de R$ 26 milhões para a saúde

Na tarde desta segunda-feira, 1º, o Plenário da Câmara sediou uma reunião convocada pelos vereadores para que representantes da Prefeitura apresentassem, com transmissão pela JFTV Câmara canal 35, a fundamentação legal e as fontes do Decreto nº 13937 publicado em 30 de abril, que abre crédito extraordinário no valor de R$ 26 milhões para a Secretaria Municipal de Saúde. A nova norma busca abrir espaço no orçamento para que o município atenda as despesas necessárias no enfrentamento da COVID-19, sendo o crédito extraordinário o instrumento que ampara as necessidades imprevisíveis, ou seja, as que não estavam na Lei Orçamentária Anual (LOA), como é o caso das despesas geradas com a calamidade pública do novo Coronavírus.

Estiveram presentes para discutir o tema os vereadores Antônio Aguiar (DEM), Júlio Obama Jr. (PODE), Juraci Sheffer (PT), Marlon Siqueira (Progressista), Sargento Mello Casal (PTB), Vagner de Oliveira (PSC), Wanderson Castelar (PT) e Zé Márcio - Garotinho (PV), além do Secretários de Saúde, Rodrigo Almeida; de Desenvolvimento, Lúcio Sá Fortes; o Secretário Adjunto de Saúde, Lourivaldo Rocha; o Secretário Executivo do Conselho Municipal de Saúde, Jorge Ramos; e o Subsecretário de Planejamento, Anderson Furtado.

O Decreto publicado no final do mês de abril abre o crédito extraordinário para o exercício financeiro de 2020 com amparo legal na Lei 4320/ 64, que dispõe sobre os créditos adicionais, entre eles o extraordinário, e também com base no Decreto Municipal nº 13.920, de 07 de abril de 2020, que declara estado de calamidade pública em Juiz de Fora. A nova norma busca corrigir o que não estava previsto na LOA para atender um conjunto de medidas coordenadas, com ações de prevenção, preparação e assistência à população. De acordo com o texto, os recursos poderão ser liberados pelo Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde, casas legislativas por meio de emendas parlamentares, tesouro municipal e outra fonte não identificada anteriormente.

Sobre essas fontes o secretário de Saúde, Rodrigo Almeida, explicou que o decreto abre crédito para que a Prefeitura receba doações de particulares, por exemplo. O dinheiro só poderá ser usado na secretaria de Saúde e nas subfunções constantes no anexo do decreto, a saber Administração Geral; Atenção Básica; Média e Alta Complexidade; Suporte Profilático e Terapêutico e Vigilância Epidemiológica. Rodrigo destacou a importância do isolamento social, haja vista que Juiz de Fora tem hoje 600 casos confirmados, e lembrou que as equipes de saúde vêm sofrendo com falta de servidores afastados do trabalho em meio à pandemia, e que “é humanamente impossível fazer em um mês uma reposição de um terço do quadro de servidores”, salientando também que “não são só os médicos que fazem a equipe de saúde” valorizando psicólogos, assistentes sociais, servidores do setor administrativo, entre outros.

Os vereadores mostraram preocupação com o direcionamento dos recursos e com relação ao amparo legal da medida. O vereador Júlio Obama Jr. ressaltou que a reunião tinha o objetivo de esclarecer a população sobre o assunto e questionou como se dará a abertura do crédito extraordinário. Já Mello Casal questionou “o que vai ser investido em atenção básica, na ponta da linha? Foi feita contratação de equipes básicas de saúde?”. Juraci Scheffer lembrou da necessidade de que a Lei Orgânica seja atualizada para amparar situações desse tipo e o secretário de Desenvolvimento, Lúcio Sá Fortes, esclareceu que embora a Lei Orgânica do Município de Juiz de Fora não fale de crédito extraordinário, há amparo em outros dispositivos, como por exemplo a Lei 4.320 de 1964, e os créditos são feitos por Decreto, em paralelo ao fato de que na União são feitos por Medida Provisória.


Fonte: Câmara Municipal de Juiz de Fora

Vale tem mais de 100 vagas de emprego abertas em Minas Gerais


A oferta de vagas na mineradora está alta, com mais de 100 vagas disponíveis somente no estado de Minas Gerais. Veja a relação de vagas.

Sesi/Senai oferece cursos gratuitos online


Cursos dão direito a certificado, desde que o aluno atinja 70% de aproveitamento.

Prefeitura de Bias Fortes oferece concurso com 58 vagas


Cargos abrangem diversos níveis de escolaridade e remunerações chegam a R$ 5.252,63.

País tem ao menos 109 concursos com inscrições abertas para mais de 15,4 mil vagas


O Brasil tem pelo menos 109 concursos públicos com inscrições abertas nesta segunda-feira (25) que, juntos, oferecem mais de 15,4 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul, há oportunidade com remuneração que chega a R$ 18.536,94. Dentre os concursos federais em aberto, os destaques são para o dos Correios, com 4.462 vagas, e o do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com 309 vagas. As inscrições vão até o dia 29 de maio para o dos Correios e até o dia 5 de junho para o do Depen.

País tem mais de 100 concursos públicos abertos para 15 mil vagas


Pelo menos 107 órgãos estão com inscrições abertas para vagas em concursos públicos. Ao todo, são mais de 15 mil oportunidades em disputa em todo o país. Há vagas para todos os níveis de escolaridade.

Me inscrevi para um concurso que foi suspenso. E agora?


Diante da pandemia do novo coronavírus, dezenas de concursos federais, estaduais e municipais estão sendo suspensos. No entanto, não se trata de cancelamento, que significa algo definitivo. A suspensão é uma pausa na seleção, com o adiamento das provas por prazo indeterminado. O G1 preparou um tira-dúvidas sobre o assunto para o candidato saber como proceder em caso de suspensão do seu concurso, com a participação de Antonio Batist, especialista em gestão pública e empresarial, e Fernando Bentes, professor de direito constitucional da UFRRJ. Veja abaixo:

Gol abre vagas para trabalhar sem sair de casa: home office


A empresa também procura profissionais para atuar em vários aeroportos do Brasil.

Professores - PJF divulga novas listas para contratação e provas práticas


A Prefeitura de Juiz de Fora deu sequência, nesta quarta-feira (15), às chamadas de professores dos processos seletivos simplificados visando à contratação temporária para atuação no ano letivo de 2020.

PJF divulga resultados de processos seletivos para professores e coordenadores pedagógicos


Foi divulgado pela Prefeitura de Juiz de Fora, nesta quinta-feira (2), os resultados dos processos seletivos simplificados para contratação pela rede municipal no ano letivo de 2020.

Polícia Militar de Minas Gerais publica edital de concurso


São 160 vagas com remuneração inicial de R$ 5.769,42.

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

País tem quase 17 mil vagas abertas em 150 concursos públicos


Pelo menos 150 órgãos estão com inscrições abertas em todo o país para preencher quase 17 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Nesta segunda-feira (25), 11 órgãos abriram inscrições. O maior concurso é o da prefeitura de Potim, em São Paulo. São oferecidas 127 vagas. Veja a lista completa de concursos

Secretário escolar – PJF divulga lista de convocados para contratação


A Prefeitura de Juiz de Fora divulgou, nesta quinta-feira (7), a primeira lista de convocação dos candidatos aprovados no processo seletivo para contratação de Secretário escolar, para atuar na rede municipal.

SDS, Senai e Senac promovem cursos gratuitos


A Secretaria de Desenvolvimento Social, em parceria com o Senac e o Senai, está disponibilizando cursos gratuitos.

22 concursos abrem inscrições nesta semana; veja lista


Ao menos 22 concursos públicos abrem inscrições para preencher mais de 9,8 mil vagas. Há oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade, em dez estados. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de postos durante a validade do concurso.