Postado em 01/06/2020

Despachantes de veículos trazem à Câmara denúncia de superfaturamento nas placas em Juiz de Fora

Procon será oficiado para dar início à fiscalização junto com Ministério Público.

Despachantes de veículos trazem à Câmara denúncia de superfaturamento nas placas em Juiz de Fora

Na manhã desta segunda-feira, 1º, a Câmara recebeu representantes da categoria dos despachantes de veículos para uma Reunião com os vereadores sobre uma denúncia de superfaturamento nas empresas que fabricam as placas para os veículos que são registrados em Juiz de Fora. Atualmente são 12 empresas licenciadas pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (DETRAN) para atuar na cidade, e notas fiscais registram que os preços oscilam entre R$ 100,00 e 350,00 em poucos dias. O despachante atua na relação de consumo entre o dono do veículo, a empresa que produz a placa e os procedimentos burocráticos do DETRAN. Estiveram presentes na Reunião o presidente da Câmara, Luiz Otávio Coelho - Pardal (PSL), Juraci Scheffer (PT), Vagner de Oliveira (PSC) e Zé Márcio - Garotinho (PV).



Intermediando o serviço de emplacamento em Juiz de Fora trabalham 145 despachantes credenciados, que na Reunião foram representados por seis profissionais da categoria. De acordo com um dos presentes, Paulo Roberto, em Belo Horizonte um emplacamento custa ao consumidor R$ 100 reais sendo que, pelo seu conhecimento de mercado, ele tem informações de que "o custo de uma placa gira em torno de R$ 72,00. Eles colocam aqui por R$ 300 reais ou R$ 350 chegando até a R$ 370 reais", destacou. Eles informaram aos vereadores que apenas metade das fábricas funciona de fato, reduzindo mais ainda a concorrência. Além disso, há indícios de um cartel em formação na cidade e que nesses patamares o motorista precisa desembolsar quase R$ 700 reais para legalizar seu veículo. "Eu me sinto envergonhado de passar para meu cliente uma placa de R$ 350 reais" desabafou o despachante Ederson Nascimento - Timão, atuante no bairro Santa Terezinha.

O vereador Vagner de Oliveira, que recebeu inicialmente a denúncia dos profissionais, informou que a Reunião teve o objetivo de esclarecer alguns pontos e “agora vamos encaminhar um requerimento pedindo ao Procon uma fiscalização junto a essas fábricas, e também encaminhar dados aos deputados estaduais para que possam ajudar a fiscalizar a nível estadual esse alto custo da placa.” O presidente da Casa, vereador Luiz Otávio Coelho - Pardal, lembrou que a Câmara está aberta para receber as demandas e buscar soluções. "Aqui é a Casa do povo e precisamos estar atentos a tudo e, com o que for de nossa oportunidade, estar contribuindo”, pontuou.

O presidente da Comissão de Abastecimento, Indústria, Comércio, Agropecuária e Defesa do Consumidor, vereador Juraci Scheffer (PT), informou que em um primeiro momento será oficiado o Procon e no próximo período legislativo será enviada uma Representação à Delegacia de Trânsito em Juiz de Fora e ao Ministério Público. "Nós não podemos ter uma alteração de preço de 100 para 300 [Reais], nós vivemos em uma crise econômica, uma crise sanitária, há de haver solidariedade, respeito ao consumidor, não podemos de forma nenhuma aceitar esse abuso". Já o vereador Zé Márcio - Garotinho disse ser importante que os órgãos competentes intervenham. "Entendo que o Procon pode agir, pode atuar porque estão claros e nítidos essa cartelização e esse lucro abusivo", destacou.

Representando o Procon em Juiz de Fora, Oscar Furtado salientou que depois da investigação preliminar é feita a fiscalização junto ao Ministério Público, que é a instituição que tem o poder de oferecer ao Judiciário uma denúncia para apurar eventuais crimes e irregularidades nas relações de consumo. "Vamos fazer essa fiscalização junto com o Ministério Público, como sempre é feito, e vamos procurar aprofundar no aspecto de quem outorga essa licença para essas fábricas fazerem as placas, quais são os proprietários, quem tem o poder de fiscalizar esses fabricantes. Porque se existem vários fabricantes e funcionam na realidade a metade, então esses outros que não estão funcionando tomam na verdade a vaga de quem quer trabalhar”, finalizou.


Fonte: Câmara Municipal de Juiz de Fora

Vale tem mais de 100 vagas de emprego abertas em Minas Gerais


A oferta de vagas na mineradora está alta, com mais de 100 vagas disponíveis somente no estado de Minas Gerais. Veja a relação de vagas.

Sesi/Senai oferece cursos gratuitos online


Cursos dão direito a certificado, desde que o aluno atinja 70% de aproveitamento.

Prefeitura de Bias Fortes oferece concurso com 58 vagas


Cargos abrangem diversos níveis de escolaridade e remunerações chegam a R$ 5.252,63.

País tem ao menos 109 concursos com inscrições abertas para mais de 15,4 mil vagas


O Brasil tem pelo menos 109 concursos públicos com inscrições abertas nesta segunda-feira (25) que, juntos, oferecem mais de 15,4 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul, há oportunidade com remuneração que chega a R$ 18.536,94. Dentre os concursos federais em aberto, os destaques são para o dos Correios, com 4.462 vagas, e o do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com 309 vagas. As inscrições vão até o dia 29 de maio para o dos Correios e até o dia 5 de junho para o do Depen.

País tem mais de 100 concursos públicos abertos para 15 mil vagas


Pelo menos 107 órgãos estão com inscrições abertas para vagas em concursos públicos. Ao todo, são mais de 15 mil oportunidades em disputa em todo o país. Há vagas para todos os níveis de escolaridade.

Me inscrevi para um concurso que foi suspenso. E agora?


Diante da pandemia do novo coronavírus, dezenas de concursos federais, estaduais e municipais estão sendo suspensos. No entanto, não se trata de cancelamento, que significa algo definitivo. A suspensão é uma pausa na seleção, com o adiamento das provas por prazo indeterminado. O G1 preparou um tira-dúvidas sobre o assunto para o candidato saber como proceder em caso de suspensão do seu concurso, com a participação de Antonio Batist, especialista em gestão pública e empresarial, e Fernando Bentes, professor de direito constitucional da UFRRJ. Veja abaixo:

Gol abre vagas para trabalhar sem sair de casa: home office


A empresa também procura profissionais para atuar em vários aeroportos do Brasil.

Professores - PJF divulga novas listas para contratação e provas práticas


A Prefeitura de Juiz de Fora deu sequência, nesta quarta-feira (15), às chamadas de professores dos processos seletivos simplificados visando à contratação temporária para atuação no ano letivo de 2020.

PJF divulga resultados de processos seletivos para professores e coordenadores pedagógicos


Foi divulgado pela Prefeitura de Juiz de Fora, nesta quinta-feira (2), os resultados dos processos seletivos simplificados para contratação pela rede municipal no ano letivo de 2020.

Polícia Militar de Minas Gerais publica edital de concurso


São 160 vagas com remuneração inicial de R$ 5.769,42.

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

País tem quase 17 mil vagas abertas em 150 concursos públicos


Pelo menos 150 órgãos estão com inscrições abertas em todo o país para preencher quase 17 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Nesta segunda-feira (25), 11 órgãos abriram inscrições. O maior concurso é o da prefeitura de Potim, em São Paulo. São oferecidas 127 vagas. Veja a lista completa de concursos

Secretário escolar – PJF divulga lista de convocados para contratação


A Prefeitura de Juiz de Fora divulgou, nesta quinta-feira (7), a primeira lista de convocação dos candidatos aprovados no processo seletivo para contratação de Secretário escolar, para atuar na rede municipal.

SDS, Senai e Senac promovem cursos gratuitos


A Secretaria de Desenvolvimento Social, em parceria com o Senac e o Senai, está disponibilizando cursos gratuitos.

22 concursos abrem inscrições nesta semana; veja lista


Ao menos 22 concursos públicos abrem inscrições para preencher mais de 9,8 mil vagas. Há oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade, em dez estados. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de postos durante a validade do concurso.