DW Por DW
 
Postado em 10/04/2020

Bolsonaro volta a passear pelo comércio em meio à pandemia

Crítico do isolamento social, presidente tirou fotos com funcionários de uma padaria de Brasília e provocou aglomeração no local. Visita ocorre no mesmo dia em que número de mortes por covid-19 no país chegou a 941.

Bolsonaro volta a passear pelo comércio em meio à pandemia

Jair Bolsonaro voltou a passear pelo comércio do Distrito Federal nesta quinta-feira (09/04). Sem usar máscara, o presidente visitou uma padaria de Brasília e tirou fotos com apoiadores. A presença de Bolsonaro provocou aglomerações no local.

Um dos filhos do presidente, o deputado Eduardo, publicou no Twitter um vídeo da visita. Nele, o presidente aparece tocando em funcionários da padaria enquanto posa para fotos. Ele também abraçou apoiadores. Quase nenhuma das pessoas que apareceu no vídeo, incluindo membros da comitiva de Bolsonaro, seguiu a recomendação do Ministério da Saúde de manter distância de pelo menos um metro uma da outra.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, também aparece nas imagens.

O passeio ocorre no mesmo dia em que o Brasil voltou a registrar pela terceira vez consecutiva mais de cem mortos por coronavírus num mesmo dia. O total de vítimas da doença no país já chega 941.



Ao voltar para o Palácio da Alvorada, Bolsonaro falou com apoiadores sobre o passeio, segundo o jornal O Globo.

"Parei em uma padaria agora para tomar uma coca-cola. Você sabe o que é para mim atividade essencial? Toda aquela que é necessária para você levar um pão para a tua filha”, disse.

Padarias de Brasília estão autorizadas a abrir as portas durante a pandemia, segundo decreto do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB). Mas o funcionamento está autorizado apenas para a venda de produtos, não para o consumo no local. O governo local também recomenda que as pessoas nesses estabelecimentos mantenham distância de dois metros de outros indivíduos.

Apesar do vídeo de Eduardo indicar uma recepção calorosa na padaria, em outras imagens da visita, gravadas por moradores de prédios próximos e publicadas em redes sociais, é possível ouvir pessoas vaiando e xingando o presidente. No vídeo de Eduardo, que contém uma trilha sonora genérica em boa parte da duração, não é possível ouvir as vaias.

Essa não é a primeira vez que o presidente escancara com um passeio sua oposição a medidas de distanciamento social que vêm sendo adotadas pelo mundo e que são recomendadas pelo seu próprio Ministério da Saúde.

No dia de 29 de março, Bolsonaro já havia feito um giro parecido pelo comércio do Distrito Federal, um dia após o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recomendar que a população ficasse em casa. Nesta ocasião, Bolsonaro publicou vídeos do passeio no Twitter, mas eles acabaram sendo excluídos pela rede social por violarem as regras da rede sobre a divulgação de informações que possam colocar as pessoas em risco durante a pandemia.

Duas semanas antes desse passeio, ele também foi pessoalmente cumprimentar em Brasília centenas de pessoas que tomaram parte em uma manifestação de caráter anticonstitucional para pedir o fechamento do

Congresso

Nas últimas semanas, Bolsonaro tem aumentado o volume de críticas a medidas que possam restringir a circulação de pessoas ou a abertura do comércio, afirmando que o país precisa "voltar à normalidade” para não prejudicar a economia. Ele também já minimizou a pandemia como "uma gripezinha” e "resfriadinho”. O presidente chegou a afirmar friamente que "alguns vão morrer", mas que não se pode "parar uma fábrica de automóveis porque tem mortes no trânsito".

Bolsonaro defende apenas a adoção de uma quarentena parcial, com isolamento de grupos de risco, como idosos.

A ideia, no entanto, vai na contramão da maioria dos países que vem sendo severamente atingidos pela pandemia, que aplicaram mecanismos rígidos para desestimular a circulação de pessoas e aglomerações. No caso da Alemanha, o passeio que Bolsonaro realizou, por exemplo, seria punido com multa. O país europeu proibiu aglomerações de mais de duas pessoas. No comércio alemão, a ordem é manter distância de pelo um metro e meio de outras pessoas. Quem não cumprir a determinação pode ser multado em 200 euros (1.100 reais).

Fonte: Deutsche Welle Brasil

Sesi/Senai oferece cursos gratuitos online


Cursos dão direito a certificado, desde que o aluno atinja 70% de aproveitamento.

Prefeitura de Bias Fortes oferece concurso com 58 vagas


Cargos abrangem diversos níveis de escolaridade e remunerações chegam a R$ 5.252,63.

País tem ao menos 109 concursos com inscrições abertas para mais de 15,4 mil vagas


O Brasil tem pelo menos 109 concursos públicos com inscrições abertas nesta segunda-feira (25) que, juntos, oferecem mais de 15,4 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul, há oportunidade com remuneração que chega a R$ 18.536,94. Dentre os concursos federais em aberto, os destaques são para o dos Correios, com 4.462 vagas, e o do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com 309 vagas. As inscrições vão até o dia 29 de maio para o dos Correios e até o dia 5 de junho para o do Depen.

País tem mais de 100 concursos públicos abertos para 15 mil vagas


Pelo menos 107 órgãos estão com inscrições abertas para vagas em concursos públicos. Ao todo, são mais de 15 mil oportunidades em disputa em todo o país. Há vagas para todos os níveis de escolaridade.

Departamento Penitenciário Nacional oferece concurso com 309 vagas


Remunerações ultrapassam R$ 6 mil. Cargos são para nível médio e superior de escolaridade.

Concurso EsPCEx 2020


São 440 vagas para ambos os sexos.

Me inscrevi para um concurso que foi suspenso. E agora?


Diante da pandemia do novo coronavírus, dezenas de concursos federais, estaduais e municipais estão sendo suspensos. No entanto, não se trata de cancelamento, que significa algo definitivo. A suspensão é uma pausa na seleção, com o adiamento das provas por prazo indeterminado. O G1 preparou um tira-dúvidas sobre o assunto para o candidato saber como proceder em caso de suspensão do seu concurso, com a participação de Antonio Batist, especialista em gestão pública e empresarial, e Fernando Bentes, professor de direito constitucional da UFRRJ. Veja abaixo:

Gol abre vagas para trabalhar sem sair de casa: home office


A empresa também procura profissionais para atuar em vários aeroportos do Brasil.

Professores - PJF divulga novas listas para contratação e provas práticas


A Prefeitura de Juiz de Fora deu sequência, nesta quarta-feira (15), às chamadas de professores dos processos seletivos simplificados visando à contratação temporária para atuação no ano letivo de 2020.

PJF divulga resultados de processos seletivos para professores e coordenadores pedagógicos


Foi divulgado pela Prefeitura de Juiz de Fora, nesta quinta-feira (2), os resultados dos processos seletivos simplificados para contratação pela rede municipal no ano letivo de 2020.

Polícia Militar de Minas Gerais publica edital de concurso


São 160 vagas com remuneração inicial de R$ 5.769,42.

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

País tem quase 17 mil vagas abertas em 150 concursos públicos


Pelo menos 150 órgãos estão com inscrições abertas em todo o país para preencher quase 17 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Nesta segunda-feira (25), 11 órgãos abriram inscrições. O maior concurso é o da prefeitura de Potim, em São Paulo. São oferecidas 127 vagas. Veja a lista completa de concursos

Secretário escolar – PJF divulga lista de convocados para contratação


A Prefeitura de Juiz de Fora divulgou, nesta quinta-feira (7), a primeira lista de convocação dos candidatos aprovados no processo seletivo para contratação de Secretário escolar, para atuar na rede municipal.

SDS, Senai e Senac promovem cursos gratuitos


A Secretaria de Desenvolvimento Social, em parceria com o Senac e o Senai, está disponibilizando cursos gratuitos.