Postado em 25/02/2020

Giulia dos Santos: '200%' para estar em Tóquio

A seis meses da Paralimpíada, judoca segue firme na briga pela vaga.

Giulia dos Santos: '200%' para estar em Tóquio

Décima sexta colocada no ranking mundial, a judoca Giulia dos Santos Pereira, atleta da classe B1 (para cegos "totais"), é o Brasil na busca por uma das vagas nos Jogos Paralímpicos da categoria até 48 kg (lembrando que são 10 vagas no total, uma delas destinada ao Japão, duas para as melhores "B1" - a brasileira é a quinta atualmente - e uma vaga reservada à IBSA - entidade que organiza a modalidade mundialmente - e as demais são das seis primeiras que não tenham sido classificadas por esses critérios anteriores). O calendário prevê duas competições até o fechamento do ranking para os Jogos Paralímpicos. O Aberto de Nottingham (Inglaterra), de oito a 14 de abril, e o de Baku (Azerbaijão), de sete a 13 de maio. " Tenho certeza que eu vou muito bem nessas duas disputas para garantir essa vaga. Estar lá no Japão, onde o judô nasceu, vai ser a realização de mais um sonho. Quero dar os meus "200%" para estar lá. "100%" é muito pouco."

O desafio de estrear nas Paralimpíadas é gigantesco. Mas a garota já está acostumada a superar adversidades bem maiores. Deficiente visual desde bebê, a jovem do Guarujá (litoral paulista) nasceu de cinco meses de gestação, teve que passar mais quatro meses na incubadora. A má formação no globo ocular fez com que ela tenha menos de 10% da visão no olho direito e seja completamente cega do olho esquerdo. "Tinha vergonha de tudo e não me aceitava. A preocupação da minha mãe era o que ia ser de mim quando eu crescesse".
Em 2011, isso começou a mudar. " Na escola que eu frequentava, notei que existiam pessoas iguais a mim ou até em situações piores. Foi ali que decidi encarar os desafios de frente."

Judô

O começo no esporte foi no ano seguinte com o incentivo de uma figura bem próxima. " O meu pai. Ele foi fundamental. Fomos ao clube do lado da nossa casa e entrei na turma das professoras Fabiane Okuda e a Rosane Aguiar, que já tinham sido até atletas olímpicas. A partir daí não parei mais."

Independência

Em 2015, veio a primeira viagem sozinha para fora do estado. Giulia foi para Natal (RN) disputar o Campeonato Brasileiro da Juventude. " Meu pai não pôde me acompanhar. E eu fui assim mesmo. Ninguém esperava essa convocação. Foram seis dias de uma experiência nova para mim. Mais um desafio. No início tive receio, porque não conhecida ninguém. Mas deu tudo super certo. Ganhei duas medalhas: a da minha categoria e a da absoluto. Ainda recebi também o troféu de destaque da competição. Isso tudo me motivou a seguir adiante."
E, logo em 2016, ela já estava na Seleção Brasileira de base, representando o país e ganhando a medalha de prata no Pan-Americano de Jovens em São Paulo.

Parapan Lima 2019

A primeira das 11 medalhas brasileiras nos Jogos de Lima veio justamente da Giulia. E foi dourada lutando em uma categoria acima (até 52 quilos). " Foi uma surpresa. Sabia que eu me sairia bem. Mas não esperava tanto." Durante a trajetória no Peru, a judoca venceu a medalhista paralímpica Karla Cardoso ( prata em Atenas - 2004 e Pequim - 2008 ). " Ela é uma referência para mim. Tenha uma profunda admiração por ela. A ente se ajuda muito nos treinos. Somos amigas. Acho o fundamental é que as duas querem crescer juntas. Isso é fundamental."

Intercâmbio no exterior

A paulista foi uma das 11 atletas que esteve recentemente na Europa participando de dois intercâmbios na Alemanha e na Espanha. " Eu sou apaixonada por treinamentos de campo. É muito bom pegar no kimono do pessoal de fora. Você aprende coisas diferentes a cada segundo; é uma outra visão. Você sempre volta diferente dessas viagens." Entre os diversos amigos com os quais teve contato na recente viagem pela Europa, Giulia destaca dois personagens. O primeiro é o treinador português Pedro Dias. " Quando eu fui graduada para faixa amarela, foi ele que fez a troca. É um grande amigo que morou aqui no Brasil durante vários anos, além de ter sido atleta olímpico em Pequim 2008. Ele me chamou para participar de um treino na cidade dele e eu fui, fiquei cinco dias por lá. Foi incrível. Ele é um cara que revela muitos atletas de destaque e tem muito conhecimento para passar. Gostaria de chegar aos pés dele algum dia." A outra é a judoca espanhola Maria Gómez. " Foi um treino estratégico. Ela é do meu peso e muito forte."

São Paulo

Depois de anos encarando uma maratona diária de Guarujá a Santos, saindo de casa às 16 horas e voltando às 23 horas, para treinar, em 2019, as escalas e os intervalos dessas viagens mudaram. É que ela veio morar na capital paulista. Todo semana, ela sai do Guarujá no domingo e fica em São Paulo até sexta-feira. "Chegar aqui foi uma coisa incrível. Era um outro sonho que eu tinha há bastante tempo. Os meus treinos mudaram muito, tudo mudou. Meus técnicos me ajudam demais. Supero diversas dificuldades diariamente. Moro com uma família, mas no dia a dia estou sozinha. Tenho que estar preparada para tudo."

Faculdade

Giulia já está no segundo ano da faculdade de Educação Física na Facudade UniSant´Anna. " Passa muito rápido. Nem acredito que já estou no terceiro semestre. Em 2021, já acabo a "licenciatura". E, em 2022, se Deus quiser, já faço mais um ano de bacharelado e estarei formada na minha área tão sonhada." Preocupada com a vida depois da carreira de atleta, ela lembra o receio de não conseguir conciliar a vida de atleta com os estudos e o incentivo da família para que ela não parasse de buscar mais conhecimentos. " Lá no início, eu não queria fazer essa faculdade. Tinha medo de não conseguir fazer todas as viagens com a seleção e entregar todos os trabalhos. Mas minha família me alertou sobre a importância do curso. Agora eu sempre falo que posso estar viajando o ano inteiro, mas não vou deixar a Faculdade de jeito nenhum. O atleta não pensa muito no futuro. Mas a vida de atleta pode acabar daqui dez anos ou pode acabar hoje. Agradeço muito aos meus familiares e ao meu técnico, o Jaime Bragança, por não deixarem eu abandonar os estudos."


Fonte: Agência Brasil

Vale tem mais de 100 vagas de emprego abertas em Minas Gerais


A oferta de vagas na mineradora está alta, com mais de 100 vagas disponíveis somente no estado de Minas Gerais. Veja a relação de vagas.

Sesi/Senai oferece cursos gratuitos online


Cursos dão direito a certificado, desde que o aluno atinja 70% de aproveitamento.

Prefeitura de Bias Fortes oferece concurso com 58 vagas


Cargos abrangem diversos níveis de escolaridade e remunerações chegam a R$ 5.252,63.

País tem ao menos 109 concursos com inscrições abertas para mais de 15,4 mil vagas


O Brasil tem pelo menos 109 concursos públicos com inscrições abertas nesta segunda-feira (25) que, juntos, oferecem mais de 15,4 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul, há oportunidade com remuneração que chega a R$ 18.536,94. Dentre os concursos federais em aberto, os destaques são para o dos Correios, com 4.462 vagas, e o do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com 309 vagas. As inscrições vão até o dia 29 de maio para o dos Correios e até o dia 5 de junho para o do Depen.

País tem mais de 100 concursos públicos abertos para 15 mil vagas


Pelo menos 107 órgãos estão com inscrições abertas para vagas em concursos públicos. Ao todo, são mais de 15 mil oportunidades em disputa em todo o país. Há vagas para todos os níveis de escolaridade.

Me inscrevi para um concurso que foi suspenso. E agora?


Diante da pandemia do novo coronavírus, dezenas de concursos federais, estaduais e municipais estão sendo suspensos. No entanto, não se trata de cancelamento, que significa algo definitivo. A suspensão é uma pausa na seleção, com o adiamento das provas por prazo indeterminado. O G1 preparou um tira-dúvidas sobre o assunto para o candidato saber como proceder em caso de suspensão do seu concurso, com a participação de Antonio Batist, especialista em gestão pública e empresarial, e Fernando Bentes, professor de direito constitucional da UFRRJ. Veja abaixo:

Gol abre vagas para trabalhar sem sair de casa: home office


A empresa também procura profissionais para atuar em vários aeroportos do Brasil.

Professores - PJF divulga novas listas para contratação e provas práticas


A Prefeitura de Juiz de Fora deu sequência, nesta quarta-feira (15), às chamadas de professores dos processos seletivos simplificados visando à contratação temporária para atuação no ano letivo de 2020.

PJF divulga resultados de processos seletivos para professores e coordenadores pedagógicos


Foi divulgado pela Prefeitura de Juiz de Fora, nesta quinta-feira (2), os resultados dos processos seletivos simplificados para contratação pela rede municipal no ano letivo de 2020.

Polícia Militar de Minas Gerais publica edital de concurso


São 160 vagas com remuneração inicial de R$ 5.769,42.

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

País tem quase 17 mil vagas abertas em 150 concursos públicos


Pelo menos 150 órgãos estão com inscrições abertas em todo o país para preencher quase 17 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Nesta segunda-feira (25), 11 órgãos abriram inscrições. O maior concurso é o da prefeitura de Potim, em São Paulo. São oferecidas 127 vagas. Veja a lista completa de concursos

Secretário escolar – PJF divulga lista de convocados para contratação


A Prefeitura de Juiz de Fora divulgou, nesta quinta-feira (7), a primeira lista de convocação dos candidatos aprovados no processo seletivo para contratação de Secretário escolar, para atuar na rede municipal.

SDS, Senai e Senac promovem cursos gratuitos


A Secretaria de Desenvolvimento Social, em parceria com o Senac e o Senai, está disponibilizando cursos gratuitos.

22 concursos abrem inscrições nesta semana; veja lista


Ao menos 22 concursos públicos abrem inscrições para preencher mais de 9,8 mil vagas. Há oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade, em dez estados. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de postos durante a validade do concurso.