Postado em 16/01/2020

Inaugurada na Antártida nova base científica do Brasil

Projeto de sustentabilidade faz parte da construção, que ocupa uma área de aproximadamente 4,5 mil m² na Ilha do Rei George.

Inaugurada na Antártida nova base científica do Brasil

Foi inaugurada nesta quarta, 15, a nova estação do Brasil na Antártica. O complexo de mais de 4,5 mil m² é entregue quase oito anos após o incêndio que destruiu a base anterior.

A base fica na Ilha do Rei George, onde pesquisadores brasileiros trabalham há mais de três décadas no continente.

A Estação Antártica Comandante Ferraz recebeu um investimento de US$ 99,6 milhões – mais de R$ 400 milhões – e vai acomodar até 64 profissionais do Programa Antártico Brasileiro (Proantar).

O vice-presidente Hamilton Mourão viajou ao continente gelado para participar da reinauguração como o principal representante do governo brasileiro. A cerimônia estava prevista para terça (14) mas foi adiada por causa do mau tempo.

Ele foi acompanhado pelos ministros Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), Fernando Azevedo e Silva (Defesa) e Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura), além de representantes da Marinha e outras autoridades.

Sustentável

O novo prédio tem diversas iniciativas sustentáveis.

“A questão da sustentabilidade está muito ligada à responsabilidade de não intervir naquele espaço. Pensamos em diminuir o impacto da construção e da logística”, explicou ao G1 o arquiteto João Gabriel Rosa, do Estúdio 41, um dos responsáveis pelo projeto da estação.

Toda a estrutura usada na construção é desmontável e reciclável.

Rosa explica que todos os módulos foram feitos em contêineres fáceis de serem transportados por qualquer navio.

Os acabamentos e parte da montagem da estrutura foram feitos fora da Antártica, o que diminuiu o impacto por transporte, otimizando a logística.

Na questão energética, foram instalados painéis fotovoltaicos e geradores eólicos que produzem cerca de 30% da energia consumida na estação.

“Nos edifícios, há eficiência energética para garantir o conforto de quem estiver lá. As paredes possuem um painel de 22 centímetros que exige menos energia para manter o local aquecido”, explica Rosa.

Impacto ambiental

O projeto arquitetônico também pensou a captação da água, o tratamento de esgoto e a questão do lixo produzido pela estação.

O arquiteto João Rosa diz que a captação da água é feita em duas lagoas próximas à estação. Tanto o tratamento da água de consumo quanto a do esgoto foram planejados para gerar o menor impacto ambiental possível.

A estação também tem um plano de gerenciamento de resíduos: todo o lixo produzido é separado para a reciclagem e retorna ao Brasil.

Segurança

Construído em um local inóspito, o continente antártico, o complexo consegue suportar temperaturas negativas, nevascas e ventos de até 200 km por hora.

A estrutura ainda tem sistemas de detecção, alarme e combate a incêndios.

Os preparativos para reconstruir a estação começaram ainda em 2012, com a retirada dos escombros da antiga base.

Uma nova licitação foi aberta em 2015, e a empresa chinesa Ceiec foi escolhida para realizar as obras.

Parte da estação foi preparada na China, em módulos que só foram levados e montados após o fim do inverno.

O prédio

O prédio principal da nova estação brasileira é dividido em três grandes blocos: o Leste, o Oeste e o Técnico. Neles, se encontram a maior parte dos laboratórios, os dormitórios e os serviços básicos da estação, divididos desta forma:

Bloco Leste: é o bloco das pesquisas, de convivência e serviços. É onde se concentram os laboratórios. Dos 17 no total, 14 estão lá. Os outros 3 ficam em módulos separados. Além disso, é onde ficam os refeitórios, a cozinha, a ala de saúde, a sala de secagem e as oficinas.

Bloco Oeste: é uma área privada da base, onde moram os pesquisadores, além de concentrar as áreas de convívio. Há 32 quartos, uma biblioteca, uma academia e auditório. Nas partes mais baixas deste bloco estão os depósitos de mantimento e reservatórios de água.

Bloco Técnico: é onde fica o controle da rede elétrica, sanitária e de automação da estação. Também é onde está a garagem. Além disso, há uma estação de tratamento de água e esgoto, casa de máquinas, geradores, e sistemas de aquecimento, bem como um incinerador de lixo.

Pesquisas

Pesquisadores brasileiros estão há mais de três décadas desenvolvendo estudos no continente por meio do Programa Antártico.

Criado em 1982, o Proantar leva ao continente gelado pesquisadores que atuam nas áreas de oceanografia, biologia, glaciologia, química e meteorologia.

Os trabalhos são desenvolvidos em acampamentos, navios e estações.

A nova estação ficará no mesmo local da estrutura antiga, instalada em 1984 na Península Keller, dentro da Ilha Rei George.

Eles não ficam restritos à Ilha Rei George, onde foi instalada a estação. Há, também, trabalhos sendo desenvolvidos no navio Almirante Maximiano e em acampamentos montados em diferentes pontos da Antártica.

“São 14 milhões de km², uma das maiores reservas de gás e de água doce do mundo. 70% da água doce do mundo está aqui”, diz Câmara, que estuda a vegetação antártica.

Há, ainda, o módulo Criosfera 1, um contêiner que coleta dados e foi instalado a cerca de 2,5 mil km de onde fica a estação.


Estação brasileira na Antártida - Foto: divulgação / Estúdio 41


Com informações do G1

Fonte: Só Notícia Boa

Sesi/Senai oferece cursos gratuitos online


Cursos dão direito a certificado, desde que o aluno atinja 70% de aproveitamento.

Inscrições do programa Jovem Aprendiz dos Correios se encerram nesta sexta-feira


São 4.462 vagas, e formação de cadastro de reserva.

Prefeitura de Bias Fortes oferece concurso com 58 vagas


Cargos abrangem diversos níveis de escolaridade e remunerações chegam a R$ 5.252,63.

País tem ao menos 109 concursos com inscrições abertas para mais de 15,4 mil vagas


O Brasil tem pelo menos 109 concursos públicos com inscrições abertas nesta segunda-feira (25) que, juntos, oferecem mais de 15,4 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul, há oportunidade com remuneração que chega a R$ 18.536,94. Dentre os concursos federais em aberto, os destaques são para o dos Correios, com 4.462 vagas, e o do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com 309 vagas. As inscrições vão até o dia 29 de maio para o dos Correios e até o dia 5 de junho para o do Depen.

País tem mais de 100 concursos públicos abertos para 15 mil vagas


Pelo menos 107 órgãos estão com inscrições abertas para vagas em concursos públicos. Ao todo, são mais de 15 mil oportunidades em disputa em todo o país. Há vagas para todos os níveis de escolaridade.

Departamento Penitenciário Nacional oferece concurso com 309 vagas


Remunerações ultrapassam R$ 6 mil. Cargos são para nível médio e superior de escolaridade.

Correios prorrogam inscrições do programa Jovem Aprendiz


Agora também, candidatos poderão concorrer a vagas localizadas fora de seu município de residência.

Concurso EsPCEx 2020


São 440 vagas para ambos os sexos.

Me inscrevi para um concurso que foi suspenso. E agora?


Diante da pandemia do novo coronavírus, dezenas de concursos federais, estaduais e municipais estão sendo suspensos. No entanto, não se trata de cancelamento, que significa algo definitivo. A suspensão é uma pausa na seleção, com o adiamento das provas por prazo indeterminado. O G1 preparou um tira-dúvidas sobre o assunto para o candidato saber como proceder em caso de suspensão do seu concurso, com a participação de Antonio Batist, especialista em gestão pública e empresarial, e Fernando Bentes, professor de direito constitucional da UFRRJ. Veja abaixo:

Gol abre vagas para trabalhar sem sair de casa: home office


A empresa também procura profissionais para atuar em vários aeroportos do Brasil.

Professores - PJF divulga novas listas para contratação e provas práticas


A Prefeitura de Juiz de Fora deu sequência, nesta quarta-feira (15), às chamadas de professores dos processos seletivos simplificados visando à contratação temporária para atuação no ano letivo de 2020.

PJF divulga resultados de processos seletivos para professores e coordenadores pedagógicos


Foi divulgado pela Prefeitura de Juiz de Fora, nesta quinta-feira (2), os resultados dos processos seletivos simplificados para contratação pela rede municipal no ano letivo de 2020.

Polícia Militar de Minas Gerais publica edital de concurso


São 160 vagas com remuneração inicial de R$ 5.769,42.

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

País tem quase 17 mil vagas abertas em 150 concursos públicos


Pelo menos 150 órgãos estão com inscrições abertas em todo o país para preencher quase 17 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Nesta segunda-feira (25), 11 órgãos abriram inscrições. O maior concurso é o da prefeitura de Potim, em São Paulo. São oferecidas 127 vagas. Veja a lista completa de concursos