Postado em 15/01/2020

Queijo artesanal da Canastra surpreende especialistas na Itália

Produto de São Roque de Minas recebeu alta pontuação em avaliação de degustadores europeus.

Queijo artesanal da Canastra surpreende especialistas na Itália

Depois de ser premiado na França, o queijo artesanal mineiro caiu nas graças dos italianos. Um dos produtos fabricados na região da Canastra foi avaliado por especialistas do país europeu e recebeu nota 88, em escala de 0 a 100, confirmando a excelência mineira na criação da iguaria.

O resultado da avaliação foi entregue no último fim de semana, em São Roque de Minas, no Centro-Oeste do estado, e contou com a presença da secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Ana Valentini.

Representante do Queijo do Ivair, a produtora Lúcia Oliveira se surpreendeu com a notícia e comparou a avaliação à conquista de uma “medalha de ouro”. Ela fez parte de uma jornada que levou fabricantes da região da Canastra até a Europa para conhecerem o sistema produtivo italiano, que tem semelhanças com o processo realizado nas propriedades de Minas.

“Levei dois queijos, embalados a vácuo, e foi complicado cuidar deles devido ao tempo de viagem e à falta de um local adequado para o armazenamento. Presenteei o Pedro Albano, que foi nosso guia durante a viagem, e ele levou essa peça para o professor Daniele Bassi, da Organização Nacional de Provadores de Queijo (Onaf) e presidente da Associação Casearia Pandino”, conta Lúcia.

O professor, por sua vez, submeteu o produto à avaliação de jurados, durante um curso que ministrava no país, e, mesmo em condições adversas de conservação, o queijo canastra agradou o paladar dos italianos.

“A surpresa foi bem maior do que eu podia esperar, a pontuação foi muito alta, sobretudo naquelas condições. Fiquei emocionada porque é o resultado de um trabalho muito sofrido; fazer queijo não é fácil”, avalia Lúcia.

Reconhecimento

Engenheiro agrícola ítalo-brasileiro, formado pela Universidade de Milão e especialista na produção de queijos, Pedro Domenghini Albano afirma que o resultado obtido pelo Queijo do Ivair é a prova de que os produtores mineiros estão no caminho certo.

“Temos que focar naqueles aspectos de produção, rendimento e fiscalização sanitária para melhoria da qualidade. Tenho certeza que, em pouco tempo, os queijos da Canastra estarão no mesmo nível dos europeus e, quem sabe, ganharão grandes concursos como o World Cheese Awards”, afirma Albano.

Para a diretora de Agroindústria e Cooperativismo da Seapa, Renata De Paoli Santos, a viagem permitiu um intercâmbio valioso, que ampliou a visão de técnicos e produtores sobre a necessidade de valorização dos produtos com denominação de origem.

“Ficou clara a necessidade de valorização do produto tradicional, com história. Em Minas, há queijos de excelente qualidade que não perdem em nada para os produtos de fora no que diz respeito à qualidade sensorial”, contextualiza.

Expectativas

Na avaliação da secretária Ana Valentini, o reconhecimento de mais um queijo artesanal mineiro é um sopro de esperança para o setor rural. “Isso traz ainda mais valor para nossos produtos artesanais. Temos riqueza e tradição gastronômica e essa nota confirma que estamos na direção correta ao incentivar a produção e a regularização desses alimentos”, afirma.

Presidente da Associação dos Produtores do Queijo Canastra (Aprocan), João Carlos Leite também afirma que o resultado da avaliação evidencia o potencial do setor em nível internacional. “Nossos produtores são altamente competitivos na Itália. Precisamos investir em uma legislação adequada e em melhores tecnologias para crescermos ainda mais”, conclui.


Fonte: Agência Minas

Sesi/Senai oferece cursos gratuitos online


Cursos dão direito a certificado, desde que o aluno atinja 70% de aproveitamento.

Inscrições do programa Jovem Aprendiz dos Correios se encerram nesta sexta-feira


São 4.462 vagas, e formação de cadastro de reserva.

Prefeitura de Bias Fortes oferece concurso com 58 vagas


Cargos abrangem diversos níveis de escolaridade e remunerações chegam a R$ 5.252,63.

País tem ao menos 109 concursos com inscrições abertas para mais de 15,4 mil vagas


O Brasil tem pelo menos 109 concursos públicos com inscrições abertas nesta segunda-feira (25) que, juntos, oferecem mais de 15,4 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Só na Prefeitura de São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul, há oportunidade com remuneração que chega a R$ 18.536,94. Dentre os concursos federais em aberto, os destaques são para o dos Correios, com 4.462 vagas, e o do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com 309 vagas. As inscrições vão até o dia 29 de maio para o dos Correios e até o dia 5 de junho para o do Depen.

País tem mais de 100 concursos públicos abertos para 15 mil vagas


Pelo menos 107 órgãos estão com inscrições abertas para vagas em concursos públicos. Ao todo, são mais de 15 mil oportunidades em disputa em todo o país. Há vagas para todos os níveis de escolaridade.

Departamento Penitenciário Nacional oferece concurso com 309 vagas


Remunerações ultrapassam R$ 6 mil. Cargos são para nível médio e superior de escolaridade.

Correios prorrogam inscrições do programa Jovem Aprendiz


Agora também, candidatos poderão concorrer a vagas localizadas fora de seu município de residência.

Concurso EsPCEx 2020


São 440 vagas para ambos os sexos.

Me inscrevi para um concurso que foi suspenso. E agora?


Diante da pandemia do novo coronavírus, dezenas de concursos federais, estaduais e municipais estão sendo suspensos. No entanto, não se trata de cancelamento, que significa algo definitivo. A suspensão é uma pausa na seleção, com o adiamento das provas por prazo indeterminado. O G1 preparou um tira-dúvidas sobre o assunto para o candidato saber como proceder em caso de suspensão do seu concurso, com a participação de Antonio Batist, especialista em gestão pública e empresarial, e Fernando Bentes, professor de direito constitucional da UFRRJ. Veja abaixo:

Gol abre vagas para trabalhar sem sair de casa: home office


A empresa também procura profissionais para atuar em vários aeroportos do Brasil.

Professores - PJF divulga novas listas para contratação e provas práticas


A Prefeitura de Juiz de Fora deu sequência, nesta quarta-feira (15), às chamadas de professores dos processos seletivos simplificados visando à contratação temporária para atuação no ano letivo de 2020.

PJF divulga resultados de processos seletivos para professores e coordenadores pedagógicos


Foi divulgado pela Prefeitura de Juiz de Fora, nesta quinta-feira (2), os resultados dos processos seletivos simplificados para contratação pela rede municipal no ano letivo de 2020.

Polícia Militar de Minas Gerais publica edital de concurso


São 160 vagas com remuneração inicial de R$ 5.769,42.

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

18 concursos abrem inscrições para mais de 2,5 mil vagas amanhã (16/12)


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas. As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).

País tem quase 17 mil vagas abertas em 150 concursos públicos


Pelo menos 150 órgãos estão com inscrições abertas em todo o país para preencher quase 17 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade. Nesta segunda-feira (25), 11 órgãos abriram inscrições. O maior concurso é o da prefeitura de Potim, em São Paulo. São oferecidas 127 vagas. Veja a lista completa de concursos