Postado em 02/12/2019

“Lugar de mulher é onde ela quiser”, diz professor que segurou filha de aluna

Não foi apenas um simples ato de gentileza. Foi um ato de inclusão, de incentivo, do professor que segurou a filha de uma aluna durante a aula.

“Lugar de mulher é onde ela quiser”, diz professor que segurou filha de aluna

Não foi apenas um simples ato de gentileza. Foi um ato de inclusão, de incentivo, do professor que segurou a filha de uma aluna durante a aula.

“Lugar de mulher é onde ela quiser”, afirmou o professor Joserrí De Oliveira Lucena.

O caso aconteceu há duas semanas, durante uma aula de história na escola Edgar Barbosa, em Natal, no Rio Grande do Norte e foi parar nas redes sociais.

“Vi a mãe implorar pelo direito de assistir aulas, acompanhada de sua filhinha. Heroína, não desiste dos estudos”, afirmou o professor Joserrí, no Instagram.

Ele contou que não resistiu ao ver a aluna com a filha, a pequena Alice nos braços.

“Fizeram fotos e postaram nas redes sociais; eu não esperava tanta repercussão”, afirmou.

E elogios ao ato dele não faltaram na rede social:

“Parabéns por sua atitude! Que você seja exemplo para muitos docentes”, afirmou uma seguidora.

“Exemplo de humanidade”, escreveu outra.

“Uau! Empatia que se chama?”, questionou uma outra.

E o professor deixou um recado aos seus colegas de magistério:

“Que a Educação seja um espaço de inclusão e que o professor seja, de fato, um facilitador de aprendizagem. Eduarda e Alice fazem História, numa aula de História”, concluiu.





Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Fonte: Só Notícia Boa