Postado em 13/08/2019

Jovem encontrada morta em Ubá pode ter sido vítima de ritual satânico

O Corpo de Elídia Geraldo foi encontrado em 22 de julho em um terreno às margens da MGT-265 em Ubá.

Jovem encontrada morta em Ubá pode ter sido vítima de ritual satânico

No dia 2 de julho a jovem e Elídia Geraldo, de 19 anos de idade, saiu de casa na região do Peluso em Ubá sentido ao Horto Florestal daquela cidade e não foi mais vista. Seu corpo foi encontrado nas proximidades 20 dias depois pelo seu tio no dia 11 de julho. De acordo com informações do Jornal Ubaense Online, os pais de Elídia estiveram na Rádio Educadora e foram entrevistados pelo jornalista Amarildo Oliveira Neto, ocasião na qual, entre os questionamentos feitos pelo repórter, a mãe, Maria Aparecida disse que um casal esteve na sua casa no dia seguinte do sumiço (03), procurando Elídia.

Dois dias depois da entrevista exibida na Rádio Educadora, o jornalista Amarildo Oliveira Neto recebeu um e-mail de fonte anônima onde nomes eram citados e que poderiam ser os autores do sumiço de Elídia.

Abaixo o teor do e-mail divulgado pelo site:

Olá tenho informações sobre o casal que esteve com a jovem Elídia Geraldo desaparecida em Ubá. Já enviei para a família essas informações. Peço toda a descrição quanto ao sigilo dessa fonte. Estou usando um e-mail aleatório que não pertence a mim nem ninguém e prefiro me manter em anonimato. As pessoas com quem ela se encontrou são XXX e seu namorado XXX. A polícia precisa investigá-los que chegará até Elídia. Tem chance dela estar viva. A XXX é uma psicopata. Saiba que sempre planejou, estudou e foi fã de casos de sequestro, tortura e abusos .Em último caso ela sempre quis chegar a matar e comer carne humana principalmente mulheres com perfil de Elídia. Outras pessoas indefesas como crianças e bebês ela já torturou e matou animais menores como gatos e cães têm vídeos e fotos que comprovam isso. Se quiser que eu envie .Recentemente o casal anda envolvido com rituais de satanismo e ela já pode ter sido vítima disso também. Há imagens dos status do WhatsApp e outras publicações em redes sociais deles que comprovam isso (embora recentemente eles tenham apagado mas tenho prints salvos) XXX já foi moderadora de um site anônimo de pedófilos e criminosos, o dogolachan que era liderado por XXX que foi preso e tinha também a participação de assassinos da escola de Suzano. Também já foi moderadora do jogo Baleia Azul tendo parado após um casal de amigos ser preso por envolvimento no jogo. No grupo de Facebook já foi excluído chamado “Eu estou bem triste “do qual XXX fazia parte e incentivar pessoas ao suicídio e coletavam imagens de mutilação.

O casal confessou ter matado Elidia por estrangulamento. O crime e todo o contexto que circunda a situação apresentam todas as características típicas de um ritual satânico. A polícia pediu ao Poder Judiciário um mandado de prisão temporário, pois ainda restam alguns detalhes para fechar o Inquérito Policial. Mesmo tendo confessado o crime, o casal é considerado suspeito. A Polícia Civil acredita que Elidia teria sido morta na madrugada do dia 03 de julho. Possivelmente às três horas da manhã. O Delegado Regional vinha dizendo exaustivamente que estaria muito perto de desvendar esse bárbaro crime. O que ocorreu nesta segunda-feira (12). Os delegados: Diêgo Candian Alves e Bruno Salles gravaram um vídeo explicando o episódio. Somente em data posterior é que receberão autorização para uma entrevista coletiva.


Fonte: Jornal Ubaense Online via Reportagem Kadu Fontana