Postado em 16/06/2019

Resultados favorecem o Brasil na Copa do Mundo de Futebol Feminino

Empate com Itália garante vaga nas oitavas de final.

Resultados favorecem o Brasil na Copa do Mundo de Futebol Feminino

Não poderiam ter sido melhores para a seleção brasileira os resultados do fim de semana da Copa do Mundo de Futebol Feminino, na França. No sábado (15), as vitórias da Holanda (3 a 1 sobre Camarões) e do Canadá (2 a 0 sobre a Nova Zelândia), pelo Grupo E definiram a chave e deixaram as seleções derrotadas com nenhum ponto até agora. Neste domingo (16), pelo Grupo F, no fechamento da segunda rodada, a Suécia bateu a Tailândia por 5 a 1, enquanto os Estados Unidos derrotaram o Chile por 3 a 0, deixando as tailandesas e chilenas também com nenhum ponto na classificação. Com isso, o Brasil, que tem três pontos no Grupo C, precisa apenas do empate com a Itália, terça-feira, para garantir matematicamente a classificação para as oitavas-de-final da Copa. Até mesmo a derrota pode dar a vaga, mas na dependência de outros jogos.

Com os resultados de hoje do Grupo F, os Estados Unidos e a Suécia garantiram vaga na próxima fase da Copa. Também já estão classificadas a França (Grupo A), Alemanha (Grupo B), Itália (Grupo C), Inglaterra e o Japão (Grupo D) Holanda e o Canadá (Grupo E).

Além do Brasil, outras seleções precisam de apenas um ponto: Noruega e Nigéria, no Grupo A; e Austrália, no Grupo C. Chama a atenção o Grupo B, onde China e Espanha se enfrentam, na última rodada, em Le Havre – as duas equipes têm 3 pontos e, com isso, o 0 a 0 classifica ambas para as oitavas-de-final.

A rodada de hoje não teve surpresas. A Suécia, que faz parte da elite do futebol feminino, já tendo subido ao pódio da Copa em três edições, não teve trabalho para vencer a Tailândia por 5 a 1, em Nice. O favoritismo se transformou em vantagem logo aos 6 minutos, no gol de Linda Sembrant. Aos 19, Kosovare Asllani ampliou e aos 42, Fridolina Rolfö definiu a vitória, com o terceiro gol. Com ritmo menos intenso, as suecas fizeram o quarto, aos 26 do segundo tempo, com Lina Hurtig, mas festa mesmo fizeram as tailandesas, quando Sung-Ngoen marcou o primeiro gol de sua seleção na Copa, já nos acréscimos do jogo. Ainda houve tempo para um quinto gol sueco e com a ajuda do árbitro de vídeo, Elin Rubensson marcou de pênalti e fechou o placar em 5 a 1.

Esta foi a sétima vez, em oito Copas do Mundo, que a Suécia passou da fase de grupos e a segunda que a seleção marcou cinco gols no torneio – a outra foi em 91, quando goleou o Japão por 8 a 0. A Suécia venceu com Lindahl, Glas, Fischer, Sembrant e Ericsson; Rubensson e Seger (Schough); Rolfö (Janogy), Asllani, Hurtig e Anvegard (Larsson). A Tailândia jogou com Boonsing, Phancha, Chinwolg, Somsai e Srangthaisong; Dangda, Intamee (Chuchuen), Khueanpet, Nildhamrong e Thongsombut (SriManee,Waenngoen); Sung-Ngoen.

No jogo que concluiu a segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo de Futebol Feminino, os Estados Unidos venceram o Chile sem esforço por 3 a 0, em Paris. O jogo registrou ainda o maior público no Parc des Princes, com 45.594 pessoas, superando os 42.261 registrados na partida de abertura da Copa - França 4 a 0 sobre a Coreia do Sul. As americanas, que pouparam sete jogadoras, só precisaram do primeiro tempo para garantir a vitória, com gols de Lloyd (2) e Ertz. No segundo tempo os Estados Unidos, que mandaram quatro bolas na trave, ainda perderam um pênalti. A goleira do Chile, Christiane Endler, foi considerada a melhor jogadora em campo, com quatro defesas de alta dificuldade.

Os Estados Unidos jogaram com Naeher, Krieger, Dahlkemper (Sonnett), Sauerbrunn e Davidson; Brian, Ertz (McDonald) e Horan (Long); Press, Lloyd e Pugh. O Chile teve Endler, Galaz, Guerrero, Saez e Toro; Soto (Lopez), Araya e Lara (Pardo); Zamora, Urrutia (Huenteo) e Balmaceda.


Fonte: Agência Brasil

Concursos

Novos editais de seleção para professores substitutos da UFJF são divulgados


As vagas são destinadas aos Departamentos de Construção Civil, de Política e Ação do Serviço Social e de Letras, do campus Juiz de Fora; e ao Departamento de Ciências Naturais, do Colégio de Aplicação João XXIII.

UFJF abre seleção para cinco professores substitutos


Vagas são para faculdades de Medicina, Arquitetura, e Administração, e para Instituto de Ciências Humanas e Colégio João XXIII, todos em Juiz de Fora.

País tem 14,5 mil vagas abertas em 190 concursos públicos


Pelo menos 190 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta seguda-feira (1º) para preencher quase 14,5 mil vagas. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade.

Mais de 160 concursos estão com inscrições abertas para preencher 14 mil vagas


168 concursos que estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (17) reúnem mais de 14 mil vagas, para profissionais de todos os níveis de escolaridade. As oportunidades são para trabalhar em diversos estados pelo país. Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. Somente na Prefeitura de São Paulo (SP), um concurso com 1.737 vagas tem postos para pessoas com nível médio e superior de escolaridade.

UFJF abre concurso para técnico-administrativos em educação


São 21 vagas para os campi de Juiz de Fora e Governador Valadares.