Postado em 14/04/2019

Combate à dengue: PJF realiza força-tarefa em 221 quarteirões de dez bairros de JF

A Secretaria de Saúde solicita o apoio dos moradores na abertura de suas residências para que os profissionais possam realizar o trabalho de tratamento focal.

Combate à dengue: PJF realiza força-tarefa em 221 quarteirões de dez bairros de JF

Dez bairros de Juiz de Fora estão no radar da Sala de Operações da Dengue e vão receber força-tarefa para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e chikungunya. Os mutirões serão realizados nos dias 15, 16, 17 e 22 de abril, quando agentes de combate a endemias e fiscais de posturas vão vistoriar 221 quarteirões.

Além de fazer uma busca ativa de focos do Aedes, os profissionais realizarão um levantamento dos problemas referentes à transmissão de arboviroses de cada bairro vistoriado, criando um “mapa falante”. Este documento vai diagnosticar todos os problemas que precisam ser resolvidos nestas localidades, como bueiros entupidos, terrenos sujos que possam gerar criadouros do mosquito, entulho e veículos abandonados em vias públicas, entre outros problemas. Tudo isso será mapeado e enviado para a Sala de Operações da Dengue tomar as devidas providências.

A primeira ação acontece na próxima segunda-feira, 15, nos bairros Santo Antônio e Alto Santo Antônio. Entre 7 e 14 horas, 70 agentes, além de fiscais de posturas, vão vistoriar 59 quarteirões nesta região. A Secretaria de Saúde solicita o apoio dos moradores na abertura de suas residências para que os profissionais possam realizar o trabalho de tratamento focal. Eles estarão identificados com crachás. “A colaboração da população é de extrema importância porque mais de 80% dos focos estão dentro de casas ou quintais”, enfatiza a gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (Dvea), Cecília Kosman.

Na terça-feira, 16, também entre 7 e 14 horas, o alvo serão 60 quarteirões dos bairros Santa Luzia, Jardim de Alá e Jardim América. Na quarta-feira, 17, Nova Benfica e Ponte Preta estarão na rota dos agentes, que percorrerão 51 quarteirões. Já no dia 22 de abril, entre 7 e 11 horas e das 13 às 17 horas, a força-tarefa estará em 51 quarteirões localizados em São Mateus, parte de Bom Bosco e Paineiras. Um dia após cada força-tarefa, agentes retornarão aos locais para aplicar inseticida a Ultra Baixo Volume (UBV), utilizado para controle do vetor Aedes aegypti.

A Sala de Operações da Dengue é um “braço operacional” que avalia as denúncias efetuadas no “Disque Dengue”, através do número 199, ou pelo aplicativo Colab, e realiza a distribuição do trabalho. O plano extrapola a divisão de secretarias. É ação conjunta e integrada, que tem como objetivo aproveitar as funcionalidades de cada pasta para o controle vetorial.


* Informações com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde, pelo telefone 3690-7123/7389.



Fonte: PJF