Postado em 11/03/2019

Praça CEU do Bairro Benfica lança cursos de capacitação profissional

São oferecidos dois cursos de preparação para o mercado de trabalho, por meio do projeto “CapacitaCEU”.

Praça CEU do Bairro Benfica lança cursos de capacitação profissional

O Centro de Artes e Esportes Unificados Coronel “Adelmir Romualdo de Oliveira” (Praça CEU) está lançando dois cursos de preparação para o mercado de trabalho, por meio do projeto “CapacitaCEU”. Serão 15 vagas no Curso de Cabeleireira, realizado em sociedade com a Escola de Cabeleireiros Shalon, e 20 vagas na segunda edição do Curso de Garçom e Garçonete, que é fruto da parceria do CEU com a Casa de Cultura “Evailton Vilela” e com o Fátima Buffet.

Aberto para homens e mulheres, a partir dos 18 anos, o Curso de Garçom e Garçonete é gratuito, sendo cobrada apenas uma taxa única de material, no valor de R$ 25, que dará direito às apostilas. A duração será de nove meses, e as aulas começam no próximo dia 21, acontecendo sempre às quintas-feiras, das 19 às 22 horas.

Já o Curso de Cabeleireira é voltado para o público feminino, também com idade mínima de 18 anos. Será cobrada taxa única no valor R$ 60, que dá direito às apostilas e ao material usado no curso. As aulas começam dia 29 de março e acontecem sempre na sexta-feira, das 14 às 16 horas. As inscrições serão abertas no dia 19 deste mês, terça-feira, e, na mesma data, às 19 horas, acontece uma apresentação do curso, que servirá também para esclarecimento de dúvidas.

Para os dois cursos, as inscrições serão presenciais, na Secretaria da Praça CEU (Avenida Juscelino Kubitschek, 5.899 – Benfica, zona norte). É necessário apresentar documento de identidade e pagar a taxa única. O lançamento dos cursos faz parte da programação de aniversário de quatro anos de inauguração da Praça CEU, comemorado na próxima sexta-feira, 15.

Em 2018, o projeto “CapacitaCEU” recebeu a terceira maior pontuação entre as Praças CEU de todo o país, na categoria “Capacitação e Qualificação para o Trabalho, Promoção do Associativismo e da Economia Solidária”, no edital lançado pelo Governo federal com o objetivo de reconhecer e premiar as iniciativas socioculturais que ocorrem no equipamento urbano.


* Informações com a Assessoria de Comunicação da Funalfa – 3690-7044.



Fonte: PJF