O presidente Jair Bolsonaro ( sem partido) arrumou mais uma polêmica para divergir da ciência. Depois da cloroquina e seus derivados, que nunca tiveram até aqui eficácia comprovada para combater o novo coronavírus, o presidente investe agora no spray nasal em estudo em Israel.

Uma delegação de diplomatas, capitaneados pelo chanceler Ernesto Araújo, responsável pelo Ministério das relações exteriores, estão com viagem marcada para este sábado (06/03) para conhecer o medicamento que ainda não tem eficácia comprovada para combater o coronavírus. (Foto: Sérgio Lima/AFP/Estado de Minas) Leia Mais
Postado em 04/03/2021
Saúde
Ciência