O soldado da Polícia Militar Gilberto Ferreira Novaes, 38 anos, foi condenado a 27 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, pelo feminicídio da ex-mulher, Sthefania Parenti Ferreira Novaes, 29, assassinada com três tiros no tórax e abdômen em 14 de abril de 2018, no Bairro Córrego do Ouro, na cidade de Santos Dumont. A pena também inclui o sequestro da filha do casal, na época com 4 anos. O julgamento foi realizado na última quarta-feira (14) no Tribunal do Júri do município onde ocorreu o crime, a cerca de 50 quilômetros de Juiz de Fora. Leia Mais
Postado em 16/10/2020