Silvânia Aparecida de Souza, os nove filhos e oito netos lutam para restabelecer suas vidas após o maior desastre socioambiental do país. Mas o ciclo de tragédias não para. Depois do baque, agora veio a pandemia do novo coronavírus, que impôs o isolamento, fechou empresas, trouxe o desemprego e a incerteza do sustento. (Foto: Reprodução/Estado de Minas) Leia Mais
Postado em 20/09/2020