O youtuber e influenciador digital Júlio Cocielo virou réu pelo crime de racismo em São Paulo devido a postagens feitas em redes sociais entre 2 de novembro de 2011 e 30 de junho de 2018.

O crime de racismo é imprescritível e prevê pena de de 2 a 5 anos de prisão. (Foto: Reprodução/YouTube/CanalCanalha) Leia Mais
Postado em 15/09/2020