A jovem de 24 anos que teve a mão esquerda decepada ao tentar defender a mãe de ataque do ex descobriu neste domingo (10) que Genersia morreu. Ela recebeu a notícia assim que deixou a UTI e foi para o quarto na Santa Casa de Mogi Mirim (SP). 'A ficha ainda não caiu. Está difícil, estou acabada', disse, por telefone.

Abalada com a notícia da morte e ainda se recuperando, já que além de perder a mão, ficou com o braço direito comprometido e com ferimentos na cabeça, ombro e coxa, ela lamentou não ter acompanhado o velório e enterro, falou das dificuldades para registrar boletim de ocorrência e relembrou a noite do crime, quando tentou impedir Juarez Ferreira de atacar a mãe. Leia Mais
Postado em 10/11/2019