O presidente Jair Bolsonaro escreveu em uma rede social nesta manhã duas mensagens em que conclama os 'amantes da liberdade e do bem' e recomenda não dar 'munição' 'ao canalha, que momentaneamente está livre'.

'Amantes da liberdade e do bem, somos a maioria. Não podemos cometer erros', diz o post.

'Sem um norte e um comando, mesmo a melhor tropa, se torna num (sic) bando que atira para todos os lados, inclusive nos amigos. Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa', afirma. Leia Mais
Postado em 09/11/2019