A Polícia Civil do Rio Grande do Sul investiga um crime bárbaro ocorrido na noite de sábado (7/9), no município de Santa Maria. A vítima é uma menina de 5 anos com paralisia cerebral, que morreu após ter sido estuprada pelo filho de seu padrasto, de 18 anos.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Roberta Trevisan, da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), a mãe levou a criança, ainda com vida, até o Hospital Universitário de Santa Maria. Porém, apesar dos esforços médicos, a menina morreu.

Como a garotinha vivia em uma casa com muitas pessoas, a polícia interrogou todos os moradores, até que um jovem de 18 anos, meio-irmão da vítima, confessou o estupro. Ainda segundo a delegada, o homem disse que não tinha a intenção de matar a menina. Leia Mais
Postado em 10/09/2019
Concursos