Embora mais baratos, carregadores genéricos são menos seguros que os de marca. O alerta é da Universidade Americana de Medicina de Emergência (ACEP, na sigla em inglês). Segundo texto publicado no site da instituição, grande parte desses aparelhos não passam nos principais testes de estabilidade e segurança, expondo o usuário a riscos de queimaduras e até incêndios.

A constatação é científica, afirma o aviso. Um estudo recente da Electrical Safety First - organização britânica voltada à redução de acidentes elétricos - avaliou 64 fontes genéricas fornecidas pela Apple. Trinta e sete falharam nos testes de isolamento elétrico. Uma investigação mais antiga da entidade - esta, realizada com 400 dispositivos genéricos para Iphone - chegou a reprovar 99% das amostras. Leia Mais
Postado em 05/08/2019