Felipe Laureano de Oliveira Silva, de 28 anos, foi condenado nesta quinta-feira (18), a 28 anos de prisão pela morte de Alícia Maria Freitas Cordeiro em churrasco, em Juiz de Fora. Ele foi condenado por 18 anos pelo homicídio da vítima e dez anos pela tentativa de homicídio do então namorado dela, em regime inicial fechado.

A sessão ocorreu no Tribunal do Júri do Fórum Benjamin Colucci e contou com sete jurados, sendo dois homens e cinco mulheres. Além disso, sete testemunhas foram ouvidas.

O réu respondeu por homicídio triplamente qualificado, por feminicídio, motivo torpe e mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima e por tentativa de homicídio duplamente qualificado contra um jovem, de 21 anos, que na época era namorado de Alícia. Leia Mais
Postado em 18/07/2019