A operação deflagrada na manhã de sexta-feira (12), que prendeu 17 pessoas no interior de São Paulo denunciadas por venda de vagas em vestibulares, desmantelou um esquema de fraude que movimentou cerca de R$ 5 milhões nos últimos seis meses, segundo a polícia.

A Operação foi batizada de Asclépio, que na mitologia grega significa Deus da Medicina e da Cura, foi organizada pela Polícia Civil em conjunto com o Ministério Público.

O esquema de venda de vagas envolveu alunos da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) de Assis, que foi de onde partiu a investigação da Polícia Civil. Leia Mais
Postado em 14/04/2019