Filipe Chrysman é um dos 13 garotos que saíram sem ferimentos do incêndio no Ninho do Urubu, na madrugada da última sexta-feira. A tragédia causou 10 mortes e deixou outros três atletas feridos. O dano para o jovem centroavante de 15 anos é na mente. Ele ainda vai demorar a se recuperar emocionalmente do episódio.

Filipe, conhecido nas categorias de base do Flamengo como Filipão, foi o primeiro a acordar no alojamento, que naquele momento contava com 26 jovens. A possibilidade mais forte, de acordo com a perícia, é que o incêndio começou justamente no quarto onde ele estava, junto de outros dois sobreviventes, Felipe Cardoso e Jean Sales. Leia Mais

Postado em 10/02/2019