Dezenove tiros. Todos disparados em uma mesma rua no fim da tarde do primeiro dia útil do horário de verão. Aqueles 120 segundos de “guerra” entre desafetos foram intermináveis para moradores e comerciantes do Bairro Santa Efigênia, na Zona Sul de Juiz de Fora. Por volta das 18h da última segunda-feira (7), a população foi surpreendida por um confronto armado, supostamente ligado a disputas entre gangues por pontos de drogas, próximo à padaria da Rua Heitor Inácio, uma das principais vias do bairro. Acuadas, crianças que saíam da Escola Municipal Doutor Antonino Lessa precisaram correr para tentar se proteger das balas. Estas não eram nada doces e poderiam ter causado uma tragédia. Felizmente não houve feridos, mas o medo de uma nova troca de tiros tomou conta da rotina de quem mora ou trabalha por ali. Desde a data, a Polícia Militar reforçou o policiamento naquela área, principalmente nos horários de entrada e saída do colégio. A violência alterou a rotina na escola, que precisou liberar os alunos do turno da tarde mais cedo na terça e na quarta-feira diante da insegurança na área. Leia Mais
Postado em 08/11/2018