A Justiça paranaense decretou no final da tarde de quarta-feira, 7, a prisão preventiva de mais três pessoas suspeitas de ligação com a morte do jogador Daniel Freitas. Elas estavam no mesmo carro que o empresário Edison Brites usou para levar o corpo do ex-jogador do São Paulo e desová-lo em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Eduardo Henrique Ribeiro da Silva,de 19 anos, foi o único detido, em Foz do Iguaçu. David Willian Villero Silva, de 18, e Igor King, de 20, estão sendo procurados. Em conversa anterior com a polícia, eles já haviam confessado que estavam no carro. Leia Mais
Postado em 07/11/2018