A Honda diz ter registrado 28 ocorrências de rompimento do insuflador de airbags da Takata no Brasil, em diferentes modelos de carros da marca. Em 11 casos, ocupantes ficaram feridos; não houve morte em decorrência da falha, ainda segundo a montadora.

É a primeira vez que uma empresa divulga um número de ocorrências desse problema no Brasil.

Além da Honda, outras 14 marcas convocaram recalls para trocar o equipamento defeituoso no país (veja todos os chamados).

Esses airbags da Takata estão ligados a 22 mortes nos Estados Unidos e na Malásia, e provocaram o maior recall da história. O caso ficou conhecido como o dos 'airbags mortais'. Leia Mais
Postado em 13/09/2018