Criado no dia 30 de agosto no Facebook, o grupo “Mulheres Unidas contra Bolsonaro”, tem como objetivo a se opor ao candidato do PSL à Presidência nas eleições 2018, Jair Bolsonaro. O agrupamento atingiu cerca de 1,2 milhões de eleitoras de todo o Brasil.

De acordo com as mulheres presentes do grupo, a idéia não é apoiar nenhum partido e que todas as posições políticas são bem-vindas, desde que não votem no deputado Jair Bolsonaro. Além de discussões sobre políticas, surgiram idéias de mobilização contra o candidato nas cidades, como em São Paulo, que vai acontecer no nesta sexta-feira, 14, na Avenida Paulista, e no Rio de Janeiro, no dia 29, na Cinelândia, no centro da cidade. Leia Mais
Postado em 13/09/2018