Consideradas impróprias ao assentamento humano por estarem subordinadas a riscos naturais ou decorrentes da ação do homem, as áreas de risco são locais sujeitos a enchentes, inundações e deslizamentos. Em Juiz de Fora, existem, atualmente, 90 áreas assim distribuídas por todas as regiões do município, conforme os últimos levantamentos realizados pela Defesa Civil em parceria com o Corpo de Bombeiros e com a UFJF. Dentro dessas áreas foram identificados 299 pontos de risco em quatro níveis (R1, R2, R3 e R4). Cada um deles corresponde ao grau de probabilidade de um evento desastroso ocorrer e causar danos: R1 (probabilidade baixa), R2 (probabilidade média), R3 (probabilidade alta), R4 (probabilidade muito alta). Segundo o mapeamento, mais da metade do total mapeado (54%) referem-se a pontos de risco alto (R3) e muito alto (R4). Leia Mais
Postado em 13/09/2018