A Petrobras elevará os preços da gasolina nas refinarias a R$ 2,0527 por litro a partir de quinta-feira (12), em um reajuste que deixa a cotação do combustível ainda mais alta se comparada à do diesel, cujos valores estão congelados desde o início de junho.

O novo preço da gasolina representa avanço de 0,78% ante o praticado nesta quarta-feira (11) e é o maior patamar desde 22 de maio, quando o derivado de petróleo tocou uma máxima de R$ 2,0867 por litro dentro da política de reajustes diários da estatal, em vigor há pouco mais de um ano. Leia Mais

Postado em 11/07/2018

Não é só gasolina: roupas podem ficar mais caras, e a culpa é do petróleo O aumento na cotação do petróleo, que saiu de US$ 35 o barril para cerca de US$ 80 nos últimos meses, não deverá ser sentido apenas nos preços da gasolina. Utilizado como matéria-prima na indústria da moda, o petróleo, aliado a um dólar mais caro, deve influenciar também o preço das roupas para o consumidor.

Isso porque o petróleo está presente em componentes químicos, como o elastano, que compõe tecidos sintéticos como poliéster e variações da viscose, como viscolycra e bengaline, por exemplo. Esse componente ajuda as roupas que necessitam de elasticidade, como as peças utilizadas nas academias, moda praia e na maior parte das roupas femininas. Leia Mais

Postado em 11/07/2018