O homem de 27 anos, preso suspeito de abusar sexualmente de um adolescente, de 14, durante uma entrevista de emprego negou o crime, mas confirmou que pediu ao garoto para tirar a roupa. No entanto, segundo a Polícia Civil, ele afirmou que o procedimento tinha como intuito apenas tirar as medidas para confecção do uniforme. O caso ocorreu em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Um primo do menino, de 15 anos, alegou que também buscava uma vaga, disse que sofreu a mesma abordagem, mas se negou a ficar nu.

A situação ocorreu no último sábado (7) em uma suposta empresa de festa. Após a entrevista, a vítima contou a situação à mãe, que também estava no local e acionou a Polícia Militar. O homem foi preso em flagrante. Leia Mais

Postado em 11/07/2018

Espanhola desaparecida é encontrada em seita satânica no Peru Uma jovem espanhola, da região de Alicante, foi encontrada no Peru após um ano desaparecida. Patricia Aguilar, de 19 anos, que desapareceu em 2017 semanas depois de completar a maioridade, foi encontrada nesta quinta-feira numa zona de mata do país sul-americano. Ela foi cooptada pela internet quando ainda tinha 16 anos pelo peruano Félix Steven Manrique, suposto líder de uma seita satânica que acabou detido pela polícia.

O resgate foi comunicado pelo distrito peruano de Pangoa, que informou que uma força-tarefa da polícia capturou 'um homem que, supostamente, submetia três mulheres, entre elas uma cidadã espanhola, a uma seita satânica'. Aguilar e seu bebê, uma menina de um mês, foram localizados em uma casa situada no povoado Alto Celendín, a dez horas de Lima, a capital do Peru. Leia Mais

Postado em 11/07/2018