Diversas pesquisas já mostraram que o excesso de peso pode provocar um desequilíbrio na flora intestinal, aumentando o número de bactérias 'ruins' que habitam o organismo. E um novo estudo realizado por cientistas do Joslin Diabetes Center (Estados Unidos) aponta que esses micróbios podem estar associados a um maior risco de pessoas obesas sofrerem ansiedade e depressão.

Ao analisarem ratos que ganharam peso com uma dieta rica em gordura, os pesquisadores descobriram que os animais mostraram significativamente mais sinais de ansiedade, depressão e comportamento obsessivo do que os camundongos em dietas padrão. No entanto, quando os roedores receberam antibióticos --para reduzir o número de bactérias ruins no organismo-- seu comportamento voltou ao normal, mesmo com a dieta 'gordurosa'. Leia Mais

Postado em 20/06/2018

Grávidas que tiram sonecas têm menor chance de ter bebês abaixo do peso, diz estudo Durante a gravidez, é comum sentir mais sono que o normal e, de acordo com um estudo publicado no Sleep Medicine Journal, tirar sonecas durante a tarde não é nada prejudicial - pelo contrário.

Pesquisadores analisaram dados de saúde de 10.111 mulheres grávidas de 15 a 50 anos da base de Saúde do Bebê da China entre 2012 e 2014 e concluíram que dormir a tarde diminui a chance de ter bebês abaixo do peso. Leia Mais

Postado em 20/06/2018