A Justiça de São Paulo negou nesta segunda-feira (14) pedido de habeas corpus para o ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho (PT), conhecido como Maninho, e do filho dele, Leandro.

Na semana passada, os dois tiveram prisão decretada por tentativa de homicídio pela agressão a um empresário em frente ao Instituto Lula, na Zona Sul da capital paulista, em 5 de abril. Leia Mais

Postado em 15/05/2018

 Morto por PM mãe foi indiciado por queimar idoso em roubo, diz polícia Elivelton Neves Moreira, de 20 anos, que foi morto por uma policial de folga após sacar uma arma em frente a uma escola particular em Suzano (SP), foi apontado como chefe da quadrilha que roubou, matou e queimou o aposentado Renato Brígido, de 58 anos, segundo a polícia.

Em 2017, o aposentado ficou desaparecido por quase 20 dias até o corpo ser encontrado em Poá. Leia Mais

Postado em 15/05/2018