Elivelton Neves Moreira, de 20 anos, que foi morto por uma policial de folga após sacar uma arma em frente a uma escola particular em Suzano (SP), foi apontado como chefe da quadrilha que roubou, matou e queimou o aposentado Renato Brígido, de 58 anos, segundo a polícia.

Em 2017, o aposentado ficou desaparecido por quase 20 dias até o corpo ser encontrado em Poá. Leia Mais
Postado em 15/05/2018

Justiça nega HC e mantém prisão de ex-vereador e filho por agressão em frente ao Instituto Lula A Justiça de São Paulo negou nesta segunda-feira (14) pedido de habeas corpus para o ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho (PT), conhecido como Maninho, e do filho dele, Leandro.

Na semana passada, os dois tiveram prisão decretada por tentativa de homicídio pela agressão a um empresário em frente ao Instituto Lula, na Zona Sul da capital paulista, em 5 de abril. Leia Mais

Postado em 15/05/2018