O primeiro contato que Ricardo Eloi, 37, teve com dinheiro e empreendedorismo foi aos nove anos, quando saía com seu carrinho de madeira para vender as alfaces plantadas por um tio, em Espírito Santo do Pinhal, no interior de São Paulo. O objetivo das vendas era comprar iogurte e biscoitos recheados de chocolate, seus doces preferidos.

Dois anos depois, ele passou por um grande trauma que mudaria sua vida para sempre e abafaria qualquer vestígio de espírito empreendedor por muito tempo: sua mãe o abandonou, e o pai, que sofria de alcoolismo, o expulsou de casa. Ricardo viveu em um orfanato por três meses, até ser acolhido por sua tia paterna. Leia Mais

Postado em 01/04/2018

Empresária faz sucesso vendendo mais de sete mil marmitas por mês em SP Anne Meneses montou um restaurante em 2015, mas foi na crise em 2016 que ela viu a oportunidade de melhorar o faturamento com marmitas. Leia Mais

Postado em 01/04/2018